Home > Sem categoria

Archer ganha acordo de quatro anos com a Equinor no Brasil

Paulo Nogueira
por
-
09-12-2019 14:19:01
em Sem categoria
A obter dados. Aguarde alguns segundos e experimente cortar ou copiar novamente.

O novo acordo será uma continuação direta do contrato atual e garante a continuidade das operações no Brasil até 30 de novembro de 2024.

Archer ganha acordo de quatro anos com a norueguesa Equinor.  O novo contrato de quatro anos é para o fornecimento de serviços de gerenciamento de perfuração de plataforma no desenvolvimento de campo Peregrino nas plataformas Peregrino A e B. Muito emprego a vista! Em 2020 serão criadas 4.500 novas vagas de emprego no Rio de Janeiro na área de exploração e produção de petróleo, saiba quais profissões serão mais procuradas no ano que vem e aproveita para se qualificar!

Archer disse na segunda-feira, 09 de dezembro que o contrato entrará em vigor a partir de 1º de dezembro de 2020.

O novo acordo será uma continuação direta do contrato atual da Archer, estreitando ainda mais o relacionamento da Archer com a norueguesa no Brasil, que teve início nas operações de perfuração Peregrino A em 2009.

A concessão garante a continuidade das operações da Archer para a Equinor no Brasil até 30 de novembro de 2024.

“Estamos muito satisfeitos por termos sido premiados com este contrato de 4 anos. É uma notícia positiva para Archer e é o reconhecimento do trabalho árduo e compromisso de todo o nosso pessoal que tem consistentemente mantido um ambiente seguro nas operações da Equinor Peregrino, enquanto assegura um alto nível de eficiência operacional e técnica”, disse Kenny Dey, VP Platform Drilling.

Equinor prenuncia para início de 2020, mais de 1200 trabalhadores em atividade na Bacia de Campos

A Equinor se estrutura para instalar a nova plataforma de Peregrino, na Bacia de Campos. Por isso, a previsão é de uma grande demanda de mão de obra para atender diferentes tipos de atividades, onde serão realizados serviços de manutenção, reparo e modificações importantes para a segurança, desempenho e eficiência futura do campo, afirmou Rafael Tristão, CEO da empresa no Brasil.

A petroleira estima investir no Brasil aproximadamente 15 bilhões de dólares até 2030, pretendendo aumentar sua produção de 3 a 5 vezes. Com base em seu portfólio atual a companhia poderá atingir 300 a 500 mil barris por dia. Atualmente o único ativo operado pela Equinor Brasil é o campo de Peregrino.

Em 2020, a petroleira focará em iniciar as operações da segunda fase de Peregrino, com a instalação da terceira plataforma. Mais a diante, a companhia vai se empenhar para começar a operar no campo de Carcará no pré-sal, em 2023/2024.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.