Após usinas terem vazões reduzidas, Absolar afirma que energia solar é a única que pode aliviar crise hídrica no setor elétrico brasileiro

Valdemar Medeiros
por
-
15-06-2021 11:12:07
em Energia Renovável
usinas - energia solar - absolar - crise hídrica Painel solar no telhado da casa e moedas na mão. o conceito de economia de dinheiro e energia limpa – créditos: Segel

Absolar afirma que a solução para aliviar a crise hídrica que vem assolando usinas hidrelétricas é o avanço na geração própria de energia solar

De acordo com dados da Absolar, o avanço na geração própria de energia, através de usinas de energia solar, que será viabilizada pelo PL 5.829/2019, promete aliviar a crise hídrica e também fortalecer a segurança do suprimento elétrico do Brasil.

Leia outras notícias do ramo

Dados da Absolar apontam energia solar como solução para crise hídrica brasileira

Nos horários de pico, entre 11h e 18h, a geração própria de energia solar em telhados e usinas em pequenos terrenos tem sido uma ferramenta muito utilizada para a redução na demanda por eletricidade no País.

O risco de aumento na crise hídrica fez com que o Governo Federal acionasse todas as usinas termelétricas fósseis que estavam disponíveis no Brasil, mas, infelizmente, elas são mais caras, mais poluentes e ainda têm elevado o preço na conta de luz de vários brasileiros.

Sendo assim, o Brasil ficou mais dependente dos países vizinhos, já que passou a importar energia não apenas do Paraguai, mas também do Uruguai e Argentina, pagando mais caro pela energia que é gerada fora do país.

Palavras do CEO da Absolar destacam a importância da energia renovável

De acordo com Rodrigo Sauaia, presidente executivo da Absolar, a energia solar que é gerada pelos próprios consumidores, de 5,8 GW, já representa um terço da capacidade da usina de Itaipu e fornece eletricidade barata e limpa, principalmente nos horários de maior demanda, aliviando a crise hídrica.

Segundo ele, metade da geração própria de energia solar foi instalada no ano de 2020, com investimentos que vieram diretamente dos consumidores e da sociedade, ou seja, independente do Governo.

Sendo assim, isso mostra a resiliência e agilidade dessa modalidade, que está ajudando o Brasil na crise hídrica. O CEO da Absolar afirma que, devido à energia solar ser gerada próximo ao local de consumo, ela não utiliza linhas de transmissão, reduzindo as perdas elétricas. A energia solar também fornece energia limpa e sem emissões de poluentes.

Entenda a crise hídrica presente no Brasil

O Brasil vem enfrentando, atualmente, a pior seca dos últimos 91 anos, deixando o subsistema Sudeste/Centro-Oeste com cerca de 32% da sua capacidade. Para se ter uma ideia, a média dos últimos 20 anos era de 64%, o dobro da média atual.

No início do mês, a Agência Nacional de Águas (ANA), declarou situação crítica de escassez de água na Região do Paraná. A declaração de crise hídrica nas usinas vigora até 30 de novembro, quando inicia-se o período de chuva na região. O setor que mais sofreu com a crise hídrica foi o elétrico, já que a bacia do Paraná contempla as principais usinas hidrelétricas da região.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.