Após Embraer e Azul, Gol Linhas Aéreas pretende comprar 250 carros elétricos voadores

Valdemar Medeiros
por
-
22-09-2021 12:06:29
em Logística e Transporte
Embraer - Azul - Gol linhas aeres - carros elétricos voadores A pequena aeronave com zero emissão de poluentes promete revolucionar a aviação comercial. Fonte: Avolon/Divulgação

Após investimentos anunciados pela Embraer e Azul, agora é a vez da Gol Linhas Aéreas ingressar no ramo dos carros elétricos voadores. A empresa está adquirindo 250 eVTOLs

Após a Embraer e Azul anunciarem investimentos, agora é a vez da Gol Linhas Aéreas, que informou nesta terça-feira (21) que deseja comprar 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical, os famosos carros elétricos voadores. A companhia assinou um acordo com a Avalon, via Grupo Comporte, que pertence ao acionista controlador da Gol. Assim como os contratos da Embraer ou Azul, a expectativa é que os carros elétricos voadores cheguem em meados de 2025.

Leia outras noticias relacionadas

Gol pretende alcançar pelo menos 25% dos entusiastas com a chegada do transporte aéreo regional no Brasil

Gol anuncia acordo por 250 carros elétricos voadores – créditos: Jovem Pan News

O acordo envolve aeronaves do modelo VA-X4 eVTOL, criada pela Vertical Aerospace, um dos modelos mais atualizados do mercado de carros elétricos voadores. No último dia 15 de setembro, a Gol anunciou ao mercado que receberá um investimento de US$ 200 milhões da American Airlines, uma empresa gigante americana do ramo de aviação.

As duas empresas, ampliarão ainda o acordo de compartilhamento de voos. O acordo também compõe a estratégia da Gol de se tornar mais presente no transporte aéreo regional, após a compra da MAP em junho, que opera no Norte do país até São Paulo. Os carros elétricos voadores que a Gol pretende comprar, possuem capacidade de transporte para um piloto e até quatro passageiros, com uma autonomia de até 160 quilômetros a uma velocidade de 320 km/h.

De início, a Gol Linhas Aéreas fará um estudo de viabilidade, o que inclui a certificação da aeronave pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que deve também realizar uma avaliação da infraestrutura demandada para o uso dos carros elétricos voadores no país, ao lado de outras entidades do setor aéreo. A Avalon, prevê que o processo de certificação da VA-X4 no país esteja pronto até 2024.

Embraer, uma das maiores fabricantes de eVTOLs

A Embraer atualmente é um dos grandes nomes quando se trata de carros elétricos voadores. Em junho a empresa fechou uma parceria com a Halo para o desenvolvimento de serviços de Mobilidade Aérea Urbana e outros produtos no Reino Unido e nos EUA.

A parceria entre a Embraer e a Halo inclui um pedido de 200 unidades de eVTOLs. As entregas estão previstas para começar em 2026. Segundo a Embraer, a encomenda das aeronaves, na época, era a maior do setor de mobilidade aérea urbana.

Além disso, o acordo também prevê que a Halo trabalhe em conjunto com a Embraer no desenvolvimento de uma nova operação de carros elétricos voadores nos países citados anteriormente.

Em agosto, a Azul assinou uma carta de intenção com a Lilium para formar uma frota exclusiva de eVTOLs. O acordo entre as empresas pode chegar a um valor de até US$ 1 bilhão e inclui uma frota composta por 220 carros voadores, que começarão a operar em 2025. O pedido dos carros elétricos voadores ainda terá seus termos comerciais finalizados entre as duas partes.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe