ANP informa que preços nos postos de combustíveis sofrerá mudanças

Fábio Lucas
por
-
30-04-2022 17:54:00
em Petróleo, Óleo e Gás
anp petroleo postos de combustíveis Marcelo Casal jr / Agência Brasil




A medida da ANP passará a valer no próximo dia 7 de maio. O entendimento da agência é que a mudança facilitará a compreenção do preço real dos combustíveis

Os postos de combustíveis passarão a exibir os preços com duas casas decimais e não mais com três casas. A medida já entra em vigor no próximo dia 7 de maio. Trata-se da resolução nº 858/2021, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que deu esse prazo par os postos de combustíveis se adequarem. 

A ANP informou que o principal objetivo da mudança é para deixar o preço mais claro para os consumidores, alinhando os valores com a expressão numérica do Brasil. Os preços agora deverão ser exibidos com duas casas decimais no painel e nos visores das bombas de abastecimento

Artigos recomendados

postos de combustíveis anp gasolina
Bomba de combustível. Foto: Agência Brasil

A ANP destacou que o terceiro digito poderá ser mantido caso o terceiro número seja um 0 e ele esteja travado na hora do abastecimento dos veículos. A agencia entende que os postos de combustíveis não precisarão trocar os módulos das bombas, algo que certamente necessitaria investimento dos postos. A ANP acredita que a medida não trará nenhum impacto ao preço dos combustíveis para o consumidor final.  

Preço da gasolina nos postos de combustíveis bate recorde 

O consumidor está pagando cada vez mais caro pelo litro da gasolina. O mês de abril fechou com o combustível custando R$ 7,524, um crescimento de e 3,24% em relação ao mês de março. Se comparado com o mesmo período do ano passado, o crescimento do preço do combustível foi de impressionantes 31,14%. 

Esse é o maior preço já levantado pela ValeCard, empresa de empresa especializada em soluções de gestão, que começou a ser realizado no mês de janeiro de 2019. 

O levantamento mostrou que o preço da gasolina aumentou em todos os estados, exceto na Bahia – onde o preço médio da gasolina teve uma redução de 2,26%. Enquanto isso, as maiores altas no preço da gasolina foram registradas em Distrito Federal (5,05%), Piauí (5,03%) e Paraná (4,16%). Por fim, as menores altas nos preços foram registradas no Rio Grande do Norte (1,81%), Acre (2,03%) e Rio Grande do Sul (2,51%). 

Gás natural também sofre reajuste

No último domingo, dia 01 de maio, a Petrobras passou das distribuidoras 19% mais caro pelo gás natural. A mudança ocorreu após um reajuste trimestral, que levou em consideração a variação do preço do barril de petróleo e a variação cambial do período. 

O preço do gás natural permanecerá o mesmo pelo próximo trimestre. A boa notícia é que os botijões de gás a base de gás liquefeito de petróleo (GLP) não sofrerão com o novo reajuste. Por outro lado, os motoristas que usam o Gás Natural Veicular (GNV) serão muito impactados pelos novos preços. 

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.