A Usina de energia Eólica da ENGIE na Bahia está entre os dez parques eólicos mais eficientes do Brasil

Valdemar Medeiros
por
-
30-08-2020 12:51:04
em Energia Renovável
energia eólica - Parques eólicos - ENGIE Parque de energia eólica em Umburanas

A ENGIE está investindo na segunda fase do Projeto Parque Eólico Campo Largo, que inclui 361,2 MW de capacidade instalada em 86 aerogeradores. Parques eólicos estão sendo implantados no interior da Bahia, nos municípios de Umburanas e Sento Sé

A região Nordeste registrou recordes de geração de energia eólica durante o mês de agosto, com forte contribuição da ENGIE Brasil Energía, dois dos parques eólicos da empresa em operação na Bahia (Umburanas 6 e Umburanas 8) ficaram em segundo e quarto lugar no ranking dos 10 projetos mais eficientes do Brasil.

Leia também

Mês dos recordes em energia eólica para o Nordeste

O mês de agosto de 2020 foi marcado por recordes recordes de geração de energia eólica com turbinas eólicas no Nordeste do Brasil. Em 6 de agosto, o sistema atingiu um fator de capacidade de aproximadamente 71,6%, produzindo uma média de 9.049 MW, o suficiente para suprir 94% da demanda de energia elétrica de toda a região, segundo dados da Operadora Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

A ENGIE fez parte desse marco com suas fábricas localizadas no Ceará e na Bahia, que agregam 899,3MW de capacidade instalada. Neste dia, a ENGIE, por meio de seus parques eólicos no Nordeste, produziu cerca de 754 MW médios, o que representou 8,3% de toda a energia eólica gerada na região. O parque eólico Umburanas da ENGIE atingiu um fator de capacidade de 94% em um dia recorde.

A ENGIE produziu, 613,4 MW médios em um dia, o equivalente a 6,6% da geração eólica do Nordeste. A operação Umburanas atingiu um fator de capacidade de 78,57%

No dia 22 de agosto, foi registrado novo recorde, com geração máxima de 10.169 MW, com fator de capacidade de 81%, suficiente para atender 97% da demanda de toda a região Nordeste, mais de 18 milhões de residências.

“Nossa equipe local de operação e manutenção tem a missão de manter a alta disponibilidade de turbinas eólicas para aproveitar a força dos ventos. O resultado da atuação dos parques eólicos é fruto de um planejamento que atribui paradas preventivas de manutenção para momentos de menor intensidade do vento, além de contar com sistemas de análise preditiva de falhas e boas práticas voltadas à excelência operacional ”, afirma Mário Cusatis, Gerente Regional Nordeste da ENGIE Brasil Energia.

Por fim, além dos equipamentos locais, as usinas contam ainda com supervisão 24 horas do Centro de Operação da Geração, localizado em Florianópolis / SC, na sede da empresa.

Na Bahia, dois parques eólicos se posicionaram no ranking operacional dos 10 projetos mais eficientes de energia eólica do Brasil em maio, entre os 633 parques eólicos medidos no período

Os parques Umburanas 6 e Umburanas 8 ficaram em segundo e quarto lugar, respectivamente. Os dados são da Câmara de Comércio de Energia Elétrica (CCEE), compilados e publicados pelo portal ePowerBay, formando o Ranking Operacional Eólico.

A ENGIE Brasil possui 945,7 MW de energia eólica em operação no país, as usinas estão localizadas no Ceará, com o Parque Eólico Trairi (259MW), e na Bahia, com o Parque Eólico Umburanas (360MW) e Campo Largo Fase 1 (326,7MW).

Quando entrar em operação comercial, o Parque Eólico Campo Largo Fase 2, que está sendo implantado no interior da Bahia, nos municípios de Umburanas e Sento Sé, agregará 361,2 MW, elevando a ENGIE a um total de mais de 1,3 GW de capacidade instalada. da fonte de vento..

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.