A energia solar está ficando acessível aos brasileiros, mas há vantagens em instalar painéis fotovoltaicos e contribuir para uma pegada mais renovável?

Energia renovável - energia solar - fotovoltaico Crescimento do mercado de energia solar brasileiro – Fonte: Reprodução/Foto: Aldo Solar


A escolha de um sistema de energia solar junto aos painéis fotovoltaicos se tratam de uma alternativa renovável para baratear o consumo de energia, em tempos em que a população está em casa, chegando a até 95%

Inicialmente tida como algo “extravagante”, a energia solar e seus painéis fotovoltaicos vem crescendo consideravelmente no mercado de energia renovável brasileiro. Só no primeiro semestre de 2019, houve um crescimento de 86,6% de grandes usinas de energia solar, se comparado com o mesmo período de 2018. Os números apontam que, apesar das crises e da falta de um planejamento estratégico em nível nacional, o setor está avançando a passos largos. Veja nesse texto por que investir em energia solar em 2020 é um excelente negócio.

Leia também

Mercado renovável: Investimentos em energia solar e painéis fotovoltaicos ultrapassam R$ 15 bilhões no Brasil

O Brasil já investiu mais de R$ 15 bilhões no mercado de energia renovável, principalmente m sistemas fotovoltaicos. No final de 2016 a energia fotovoltaica representava pouco mais de 80 MW (cerca de 0,1% da matriz energética), em 2019 o Brasil já atingiu a marca de 3.000 MW em potencia instalada.

A maior parte do investimento, cerca de R$ 10 bilhões foram para a geração centralizada. A geração distribuída, apesar da parcela menor investida, já conta com mais de 128 mil unidades consumidoras no Brasil.

Economia x autonomia com o uso de energia solar

Reportagem do Bom Dia Brasil da Rede Globo mostrou o crescimento da Energia Solar no Brasil

Quando a maioria das pessoas pensa em investir em energia renovável, a primeira coisa que vem à mente é reduzir ou até mesmo eliminar a conta de luz. E é verdade que, em alguns casos, você quase pode eliminar sua dependência da energia tradicional.

No entanto, na maioria dos casos, o dinheiro que você economiza nas contas de luz é compensado pelo custo de financiamento do seu sistema de energia solar. Onde você realmente está para ganhar dinheiro com um investimento em energia solar é o valor de longo prazo que ela agrega à sua casa.

Os painéis fotovoltaicos geram não só a energia consumida durante o dia na casa, já que o excedente que é injetado na rede é convertido em créditos energéticos.

São esses créditos que fazem com que os consumidores consigam economizar na conta de energia, ação criada pela Resolução renovável Normativa 482 da Aneel, chegando a 95% de economia.  De acordo com as regras atuais do segmento de geração distribuída da Aneel, esses créditos ainda possuem validade de uso por cinco anos após serem gerados.

Quanto custa instalar energia solar atualmente?

Com base na média de valores apresentada, um sistema residencial de pequeno porte, capaz de atender um consumo de até 300 quilowatts-hora/mês, custa hoje no Brasil cerca de R$ 16,5 mil a R$ 18 mil. O preço é metade do custo atual do carro popular mais barato no país e um dos motivos que explicam a rápida popularização dessa tecnologia que possui 25 anos de vida útil.

Com a economia de até 95% gerada na conta de luz, o consumidor ainda obtém o retorno desse investimento no mercado renovável em pouco tempo, cerca de 3 a 6 anos. E é justamente a economia nas faturas que o brasileiro quer, sendo ela a principal motivação de compra da tecnologia apontada por 92,7% das empresas que aderem a sistemas fotovoltaicos.

Principais vantagens

  • A energia solar não polui, é renovável, limpa e sustentável;
  • Energia alternativa ao petróleo;
  • A energia solar é silenciosa;
  • É uma fonte de energia gratuita;
  • A energia solar fotovoltaica é o sistema de autogeração mais barato;
  • Necessidade mínima de manutenção;
  • Fácil de instalar e barata de manter;
  • Vida útil de mais de 25 anos, pagando-se em até 7 anos;
  • Economia de até 90% da conta de luz;
  • Queda de preços devido ao avanço da tecnologia;
  • Ocupa pouco espaço e valoriza o imóvel;
  • Placas solares são resistentes às intempéries;
  • Pode ser usada em áreas isoladas da rede elétrica;
  • Equipamentos fotovoltaicos podem ser reciclados.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.