Home > Sem categoria

4 empresas japonesas fornecerão a Petrobras o FPSO Almirante Barroso MV32 para o campo de Búzios

Paulo Nogueira
por
-
12-11-2019 08:25:05
em Sem categoria
Petrobras fpso modec contrato obras

Quatro empresas japonesas decidiram prosseguir com o projeto de afretamento em águas profundas do FPSO para o campo de petróleo do pré-sal de Búzios, operado pela Petrobras, localizado no pré-sal brasileiro

Firmando acordos com a Petrobras em comunicado conjunto na terça-feira, a MODEC, Mitsui & Co., Mitsui O.S.K. Lines (MOL) e Marubeni Corporation concordaram que Mitsui, MOL e Marubeni investirão em um negócio de fretamento de longo prazo atualmente promovido pelo MODEC com o objetivo de fornecer uma unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência (FPSO) para uso em o campo de Búzios, na costa do Brasil.

Veja também

Vale lembrar que o MODEC recebeu uma carta de intenções para o fornecimento, fretamento e operação do navio FPSO da Petrobras para o campo de Búzios 5 em junho de 2019.

As quatro empresas firmaram acordos relacionados em 12 de novembro de 2019. Com base nesses contratos, a Mitsui, a MOL e a Marubeni investirão na Buzios5 MV32 BV (MV32), empresa holandesa criada pelo MODEC, e as empresas prosseguirão com o projeto em conjunto.

O MV32 firmou um contrato de afretamento de longo prazo para a implantação do FPSO na Petrobras. O FPSO será afretado por 21 anos sob este contrato, que foi assinado em 24 de setembro de 2019.

O FPSO será nomeado FPSO Almirante Barroso MV32 e será implantado no campo de Búzios, localizado na gigantesca região do “pré-sal” da Bacia de Santos. O campo está localizado a aproximadamente 180 quilômetros do Rio de Janeiro, na costa sudeste do Brasil. O FPSO será atracado em 1.900 metros de profundidade, no ano 2022.

É a sétima  vez que as empresas colaboraram para operar os FPSOs no Brasil.

O FPSO terá uma capacidade de processamento de petróleo de 150.000 barris por dia e capacidade de processamento de gás de 212 milhões de pés cúbicos por dia. A capacidade de armazenamento de petróleo da embarcação será de 1.400.000 barris.

Búzios é um dos campos offshore de petróleo e gás no Brasil que faz parte do contrato de Transferência de Direitos assinado em 2010. O campo é 100% operado pela Petrobras e está situado a 180 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, no gigante “ região do pré-sal ”da Bacia de Santos, Brasil, a lâmina d’água de aproximadamente 1.900 metros.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.