Volkswagen afirma que fará uso apenas de Etanol em toda a sua frota brasileira de caminhões

Valdemar Medeiros
por
-
24-06-2021 11:03:54
em Logística e Transporte
Volkswagen - caminhões - etanol Após queda com o início da pandemia da Covid-19, consumo começou a reagir nos meses de julho e agosto – Foto: Divulgação

Montadora de veículos Volkswagen afirma que utilizará apenas etanol em sua frota de caminhões no Brasil

Focada na redução de emissões de CO2, a montadora de veículos Volkswagen afirma que utilizará apenas etanol em sua frota de caminhões, deixando de emitir 1.700 toneladas de gases por ano e se comprometendo com seu Programa Global.

Leia também

Anúncio feito pelo CEO da Volkswagen destaca o uso do etanol

Segundo Pablo Di Si, Presidente & CEO da Volkswagen na América Latina, o etanol é um biocombustível com baixa emissão de carbono e também uma fonte renovável e limpa de energia. Ele possui sustentabilidade em toda sua cadeia, levando em consideração o conhecido conceito “do poço à roda”, isto é, desde sua aquisição, transporte e refino, até o seu uso nos motores e escapamentos dos caminhões.

O etanol é essencial quando se trata de redução nas emissões de carbono das indústrias automobilísticas. A Volkswagen, tendo em vista a importância do etanol, fará o abastecimento de seus caminhões flexfuel de sua frota interna com o biocombustível.

Essa é uma iniciativa que, assim como outras que estão por vir, fazem parte do Programa Global do Grupo Volkswagen WaytoZero, que tem como missão obter maior eficiência ambiental e sustentabilidade, focada na neutralização do carbono. Ele afirma também que utilizar o etanol na frota de caminhões é garantir uma melhor qualidade do ar e também qualidade de vida melhor para a população.

A segunda onda do Etanol no Brasil

Apesar de ser benéfico e trazer diversas vantagens para desacelerar as mudanças climáticas, as estimativas para o biocombustível são de que, dentro de uma década, seja necessário injetar cerca de 20 bilhões de litros de etanol por ano.

De acordo com Luís Carlos Júnior Jorge, presidente do Centro Nacional das Indústrias na área de Sucroenergético e Biocombustíveis (Ceise BR), o Brasil tem uma grande chance de ficar de fora dessa segunda onda devido ao custo Brasil.

Segundo Jorge, os brasileiros não são competitivos em relação ao peso da carga de impostos. Entretanto, temos tempo para consertar a situação e colocar a indústria de base brasileira no mercado de etanol que está prestes a chegar.

Volkswagen promovendo a sustentabilidade

Pensando sempre na sustentabilidade, a Volkswagen criou o e-Delivery, o primeiro caminhão elétrico com produção em série no Brasil que está sendo fabricado em Resende (RJ).

Os caminhões elétricos da linha foram totalmente desenvolvidos e testados no Brasil e estão entrando para a história do país. Os caminhões e-Deslivery possuem 11 toneladas de PBT, uma tração 4×2 e contam com um motor de 348 cavalos e 233 kgfm, que é montado sob a cabine, no mesmo lugar que os caminhões movidos a diesel.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.