Vivo inaugura sua primeira usina solar no Distrito Federal – DF no modelo de geração distribuída.

Valdemar Medeiros
por
-
18-11-2020 12:56:06
em Energia Renovável, Usina e Agronegócio
vivo - USINA SOLAR -DF Usina solar da vivo

Vivo coloca em operação a sua primeira usina solar no DF

Sempre visando as melhores práticas sócias e ambientais, a Vivo inaugurou a sua primeira usina solar com consumo de energia 100% renovável no DF.  A usina solar da Vivo sera construída e operada pela empresa de energia solar Athon energia, a capacidade da usina solar da Vivo é de aproximadamente4,824 MWp.

Leia também

530 unidades da vivo serão alimentadas pela usina solar

A geração distribuída da nova usina solar da vivo irá atender não apenas as regiões do DF, mas também outras mais de  500 unidades ao redor do Brasil da empresa.

“A implantação de uma usina solar no DF e em outras regiões em que a Vivo se encontra são de extrema importância, queremos avançar cada vez mais na geração distribuída de energia renovável, principalmente de uma energia oriunda do sol, com essa usina iremos gerar benefícios tanto econômicos quanto sociais, ambientas e muitos outros para a comunidade.”, afirma o diretor de Patrimônio da Vivo, Caio Guimarães.

O projeto da Vivo, d criação de novas usinas solares diminui em mais de 80% o seu consumo de energia, atualmente a empresa já faz o uso de energia solar em mais de 28 mil polos da empresa.

Desse modo, além de contribuir com o meio ambiente por ser renovável e de baixo impacto, a medida deve gerar uma economia anual importante nos gastos com energia.

Sobe a Athon energia

A Athon Energia nasceu para entregar energia de melhor qualidade, de forma limpa e sustentável para a sociedade brasileira. Buscam acelerar o processo de transformação da matriz energética através do aumento da participação de fontes renováveis. O foco será essencialmente em Energia Solar, pois é a oportunidade mais latente que enxergam no momento.

Oferecem aos seus clientes:  Redução de custo via um modelo de geração sustentável, confiável e de baixo risco no longo prazo.  Benefício de um preço mais baixo em relação a energia convencional obtido com a distribuidora local. Auto-suficiência e cost-efficiency produzindo eletricidade em unidades de minigeração distribuída.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.