Videomonitoramento inteligente favorece o setor energético

Paulo Nogueira
por
-
27-05-2021 20:22:22
em Uncategorized
video monitoramento energético Infográfico: algumas possíveis aplicações de videomonitoramento e geração de analíticos para o setor de energia

IA contribui com a segurança e agiliza tomadas de decisão para melhor performance das operações

São Paulo, maio de 2021 – A Avantia, uma das empresas líderes em tecnologia para segurança no Brasil, explica como soluções de inteligência artificial em videomonitoramento podem beneficiar o setor elétrico brasileiro, contribuindo com as operações de geração e distribuição de energia, seja de fonte hidrelétrica, eólica, fotovoltaica.

Outras notícias interessantes

O videomonitoramento inteligente traz segurança para atuar na gestão de equipamentos, processos, regras, circulação de pessoas e situações que envolvem segurança patrimonial e de pessoas. Desenvolvidos com inteligência artificial, os analíticos de vídeo aplicados em sistemas de segurança eletrônica colaboram, inclusive, com o aumento da performance das companhias do setor elétrico. É uma tecnologia que atua tanto na prevenção de incidentes quanto na resposta ágil às emergências e inconformidades.

Segundo Mário Tranche, profissional da área de engenharia de soluções da Avantia, a partir de um sistema integrado que faz a análise dos dados captados nas imagens é possível prever, acompanhar e atender uma série de ações, como evitar uma invasão de perímetro, controlar a entrada de pessoas autorizadas nesses espaços, além de verificar o uso adequado de EPIs, contribuindo para evitar acidentes. Tudo automaticamente, sem a necessidade de operação ativa de pessoas. “Em muitas áreas de geração e transmissão de energia, o ambiente é inóspito e oferece riscos à vida humana, além do difícil acesso pelas equipes de manutenção. O acompanhamento por videomonitoramento permite a atuação nessas áreas em tempo real, possibilita mitigar riscos, além de responder à uma emergência, de maneira muito mais rápida e eficaz”, conta.

Tranche menciona que um sistema de videomonitoramento inteligente em empresas de energia, pode ainda acompanhar as manobras de operação, como controle do funcionamento de chaves seccionadoras, em tempo real, antecipando um possível acidente ou falha, sem o envio de uma equipe até o local, acelerando a tomada de decisão e respostas à possíveis emergências e ações que solucionam alguma questão, além da redução dos custos operacionais. “Contando com um sistema integrado, conseguimos verificar de maneira prévia ou ainda simultânea, se há um possível superaquecimento que poderá provocar alguma falha e comprometer a geração, a transmissão ou ainda a distribuição de energia”, complementa.

O especialista informa também que por meio dos analíticos oferecidos pelo sistema inteligente, um operador de controle pode focar em situações reais de perigo ou atenção, contribuindo com a gestão de tempo e de maneira indireta com a performance da operação institucional: “Com tecnologia Avantia, que usa a inteligência artificial para ler as imagens e classificá-las, é possível evitar o desperdício de tempo ao atender uma falsa ocorrência”, detalha.

Quanto ao sistema, na gestão de entrada de pessoas nos sites remotos, aproximação de veículos não autorizados, monitoramento das chaves seccionadoras e auxiliar no atendimento de emergências, contribuindo com a segurança patrimonial e, de certa maneira, da operação, impactando até na eficiência e performance dos serviços prestados, além de atender normas e exigências do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

Para mais informações sobre a Avantia, acesse: www.avantia.com.br.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.