Usina de biomassa de R$ 50 milhões será instalada no Rio Grande do Sul. 300 postos de trabalho serão criados

Roberta Souza
por
-
16-09-2021 14:14:34
em Usina e Agronegócio
Usina – biomassa – Rio Grande do Sul Exemplo de usina de biomassa/ Fonte: VEJA

A usina de biomassa será construída em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. A expectativa é de que novos empregos sejam gerados com o empreendimento

Na última terça-feira (14/09), a Câmara de Vereadores da cidade de Uruguaiana aprovou o projeto de lei de autoria Executiva que trata da concessão de área de 7,85 hectares para a instalação de uma Usina de Biomassa no município localizado no Rio Grande do Sul. O empreendimento receberá um investimento de R$ 50 milhões e pode gerar 300 novos empregos de forma direta e indireta. Leia ainda: Aneel aprovou na terça a construção de oito usinas de energia eólica, duas de biomassa e cinco hidrelétricas

Detalhes sobre o empreendimento de biomassa, no Rio Grande do Sul

De acordo com a empresa que instalará a usina de biomassa, o projeto estima produção mensal de 8 MW de energia – o que é capaz de atender uma cidade com 100 mil habitantes. A iniciativa pretende gerar cerca de 100 empregos diretos e indiretos. Dos R$ 50 milhões destinados à instalação que serão aplicados, cerca de R$ 3 milhões ficarão com o município. A instalação da usina vai contribuir para o incremento no índice de retorno do ICMS.

Despesas de qualquer espécie (água, luz, entre outras) da nova usina de biomassa, ficarão por conta da empresa instalada. O processo de instalação da empresa em Uruguaiana está previsto para ocorrer entre 18 e 24 meses. “A iniciativa alia desenvolvimento e sustentabilidade. A instalação de uma usina com produção de energia limpa e renovável prepara muito bem Uruguaiana para o futuro. Além disso, a geração de empregos é outro fator fundamental para o desenvolvimento e área econômica do município”, destacou o prefeito Ronnie Mello.

Leia ainda: A maior usina de biomassa do país, com capacidade de 432 mil MW por ano, está no Mato Grosso do Sul

Recentemente, a empresa Eldorado Brasil inaugurou a Usina Onça Pintada, um empreendimento que contou com investimentos de aproximadamente R$ 400 milhões, realizados com recursos próprios da companhia, com capacidade para gerar 432 mil MW anualmente. A planta fica localizada na cidade de Três Lagoas, no estado do Mato Grosso do Sul.

A usina funciona dentro do complexo da fábrica de celulose da Eldorado Brasil, em Três Lagoas, cidade que fica a 338 quilômetros da Capital do Mato Grosso do Sul. A matéria-prima utilizada na produção de energia advém da biomassa das árvores colhidas para a fabricação de celulose na fábrica. Desde a segunda quinzena de março, a Eldorado Brasil vinha realizando, sob acompanhamento das autoridades ambientais e do setor elétrico, os testes para homologação do projeto e obtenção do licenciamento para início da operação.

Os testes da usina de biomassa foram concluídos em abril, atestando o funcionamento adequado da turbina, caldeira e demais equipamentos envolvidos na operação. O empreendimento recebeu a Licença de Operação, expedida pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), com validade de quatro anos. O documento certifica o cumprimento da legislação ambiental vigente, que inclui monitoramento das emissões atmosféricas, além de resíduos sólidos e ruídos.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe