Usina da Raízen está produzindo, pela primeira vez no Brasil, energia elétrica com biogás para ser usada em escala comercial

Valdemar Medeiros
por
-
05-07-2021 11:49:03
em Energia Renovável
Usina - Raízen - Biogás - energia elétrica Usina da Raízen é 1ª usina do Brasil a gerar energia elétrica em escala comercial com resíduos da cana – créditos: G1

Pensando na baixa emissão de carbono, a usina da Raízen está produzindo energia elétrica através do biogás produzido por meio de resíduos da cana de açúcar

O Brasil é um dos maiores produtores de cana-de-açúcar do mundo e é dela que vem a principal fonte de energia renovável do país. Além de produzir etanol, as usinas utilizam os resíduos da moagem da cana para produzir energia elétrica. A Raízen é uma empresa integrada de energia de origem brasileira com presença nos setores de produção de açúcar e etanol, distribuição de combustíveis e geração de energia e a primeira a produzir energia elétrica para ser usada em escala comercial no mercado brasileiro.

Leia também

A produção de energia elétrica com o uso de biogás

Primeiro foi utilizado o bagaço da cana, que passou a ser queimado para alimentar as caldeira e logo após o biogás, que é obtido a partir da palha, torta de filtro da cana e da vinhaça. Em Guariba, São Paulo, uma usina da Raízen está produzindo energia elétrica através do biogás em escala comercial, sendo a primeira vez no país.

De acordo com o engenheiro químico da Universidade de São Paulo (USP), Marcelo Zaiat, essa experiência de grande escala é um novo marco para o Brasil. Na usina da Raízen, são utilizados a vinhaça e a torta de filtro que em processos anteriores eram utilizados apenas como fertilizantes. A vinhaça é a parte líquida que resta da destilação do caldo de cana. Ela é extraída da usina por dutos e retorna para a lavoura devido ao seu excesso de potássio. Já a torta de filtro é a parte sólida que sai da filtração do caldo da cana, ela é rica em fósforo e também é reutilizada no campo.

Produção de biogás na usina da Raízen

Energia Renovável Raízen – Biogás | Uma das maiores plantas do mundo

A vinhaça e a torta de filtro são levados para os biodigestores da usina da Raízen, antes de irem para as lavouras. Nesse processo grande parte da matéria orgânica dos dois resíduos são transformados em biogás através da ação de bactérias.

O gás metano que é produzido durante o processo vai para a superfície dos biodigestores e é levado através de dutos até os motogeradores, onde ele é queimado e gera energia elétrica.

De acordo com o Engenheiro de automação, Paulo Miranda, a Torta de Filtro é um resíduo estratégico para eles devido ao seu armazenamento que pode gerar energia elétrica durante o ano inteiro.

A busca por novas energias

Uma das iniciativas que buscam mais sustentabilidade está no laboratório da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), onde um equipamento está medindo a quantidade de metano que é liberada durante a biodigestão dos resíduos.

De acordo com o engenheiro agrônomo da UFSCar, Otávio Valsechi, o foco é retirar o metano na vinhaça para separar o carbono devido a presença do hidrogênio. O mundo irá se mover por energia elétrica e uma das maiores fontes de energia será o hidrogênio.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.