Transpetro de volta à Angra do Reis: economia e empregos retornarão a todo vapor

Transpetro de volta à Angra do Reis economia e empregos retornarão a todo vapor (2)
 

Faltando agora apenas a liberação do INEA, a Transpetro liberou as atividades no TEBIG e a cidade vai ganhar uma receita de mais de 4 milhões por mês

Março de 2015, um acidente envolvendo 2 navios da Transpetro durante uma operação conhecida como Ship-to-ship, despejou um quantidade imensa de óleo no mar de Angra dos Reis. Na época, a secretaria e instituto estadual do ambiente( INEA), suspenderam as operações desse tipona Baia das Ilha Grande.

” Foi uma decisão politicamente errada do secretário  Carlos Minc que agora está sendo revertida tecnicamente e financeiramente em proteção do estado do Rio de Janeiro e a cidade”, diz Fernando Jordão, atual prefeito de Angra dos Reis.

Além do desastre ambiental, o acidente e por consequência a suspensão das operações, geraram um estrago financeiro nas contas e no planejamento  do município. Pouco mais de 2 anos depois do acidente, a Transpetro realizou o primeiro teste das operações de transbordo no terminal da Baia da Ilha Grande( o TEBIG).

Na manhã de sexta feira(12), estiveram no terminal os técnicos do INEA, representantes da Marinha do Brasil, o prefeito Jordão, o vice-prefeito Manoel Parente, a secretaria de desenvolvimento econômico, o presidente da Câmara e vereador José Augusto e o vereador Canindé do Social.

” O município de Angra está passando por um crise muito complicada, assim como o estado e o país. Aqui estamos perdendo dinheiro para arrecadação do município. Então é o INEA conceda essa liberação para autorizar a retomada dos transbordos na região porque agora é seguro para o meio ambiente. Tanto que estamos aqui no navio com toda tranquilidade possível”. Diz o vereador Canindé do Social.

O secretário estadual do ambiente André Correira não compareceu ao teste: ‘Resta apenas dizer que pela prefeitura, secretaria de meio ambiente e pela Marinha do Brasil não há problemas. O questão hoje está nas mãos do INEA que está presente hoje com seus técnicos e infelizmente, o secretário José Corrêa que deveria estar aqui presente pela complexidade da operação e pela importância, que não envolve apenas Angra dos Reis. Quando falamos de economia,  os prejuízos é para a cidade, para o estado do Rio e o Brasil como um todo, porque muito navios deixaram de vir para o Brasil. Por os impostos como ISS, ICMS, royalties e etc… que complementa as a renda da cidade deixaram de ser arrecadados”, diz de modo crítico e indignado o vereador Zé Augusto.

O teste simulou toda a operações de transbordo, ou seja, a transferência de óleo de um navio para o outro. O município reconhece a importância que tem para a economia local a presença da Transpetro em Angra, subsidiária da Petrobras responsável pela a operação.

” O município ganhará hoje em torno de 200 milhões de reais que entrará nos cofres da prefeitura que gerará empregos, recursos e melhorar a qualidade de vida… Enfim, esse dinheiro será muito útil e muito bem usado pela gestão atual”, diz entusiasmado Aurélio Marques, secretário executivo da Indústria e Comércio.

Se autorizado pelo INEA, o retorno desse tipo de operação na Baia de Ilha Grande representará um reforço grande para os cofres públicos.

O prefeito ainda complementa: ” Eu quero proteger essa baia linda, mas também que quero que Angra não perca o recurso. O dinheiro da cidade estava indo para o Espirito Santo,  São Paulo e a cidade ficando cada vez mais pobre. Se temos aqui o terminal e investimentos antigos do Brasil importante para a Petrobras, é muito mais barato fazer operações aqui,em águas tranquilas e abrigadas.”

Veja o vídeo e as autoridades presentes na operação


“Essa operação é muito importante da a cidade, porque ela era executada através do ship-to-ship, que infelizmente essa órgãos ambientais tem algum problema com Angra dos Reis, sendo assim esse é uma das razões ao qual eu estou aqui companhando os procedimentos para que ela volte o quanto antes com o nome de “Transbordo a Contra Bordo, uma operação super segura e que movimentará a economia novamente e é disso que precisamos. Afinal, serão mais de 4 milhões mensais que entrarão nos cofres da cidade.” Reitera o vereador José Augusto .

Procurada pela TV Câmara, o INEA não respondeu as ligações e nem as mensagens. Já a Transpetro em nota declarou que realizou com sucesso todos os testes no terminal de Angra dos Reis, dependendo agora apenas do INEA para liberar a licença.

Fonte:https://goo.gl/6CV8qs

Transcrição da matéria: TV Câmara

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior