Técnico de Segurança do Trabalho na área de navegação de apoio marítimo

Técnico de Segurança do Trabalho Offshore marítimo

O anúncio foi postado a cerca de uma semana, mas como a natureza do cargo em Técnico de Segurança do Trabalho é especifica, a Up Offshore ainda recebe currículos de profissionais religiosamente dentro dos requisitos

Se você é Técnico em Segurança do Trabalho e possui experiência no ramo de offshore, óleo e gás, principalmente na modalidade de apoio marítimo, há uma boa oportunidade de trabalho em aberto na UP OFFSHORE. Apesar de estar aberta há um pouco mais de 1 semana, os requisitos são bem restritos e específicos, o que dificulta um pouco para ela achar o candidato ideal. Leiam o chamado a seguir:

Vaga para Técnico de Segurança do Trabalho (Offshore) – Temporário

  •  Ter atuado em empresa do segmento de navegação de apoio marítimo.
  •  Conhecer as demandas do cliente Petrobrás para o segmento do apoio marítimo (auditorias de BAD, IDF, PEOTRAM, inspeções em geral, tais como GINSP e outras).
  •  Ter conhecimento da legislação aplicável.
  •  Diferencial: Conhecer o sitema Seapack.
  •  Certificados NR-33, NR-34 e NR-35 válidos.

Envio de currículos para: [email protected]. OBS: O perfil é específico. Candidatos que não tenham experiência anterior no segmento de apoio marítimo, não serão considerados, portanto não percam tempo enviando seus CVs caso contrário os mesmos cairão na caixa de SPAM do servidor do contato e no final, nada adiantará.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Posted Under
Sem categoria

Sobre Paulo Nogueira

Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.