Setor de óleo e gás no Espírito Santo poderá gerar mais de 1.000 empregos com projetos de descomissionamento e exploração

Roberta Souza
por
-
05-08-2021 14:04:42
em Petróleo, Óleo e Gás
Espírito Santo – empregos – óleo e gás Setor da construção naval/ Fonte: Portos e Navios

O Espírito Santo irá abrir muitos empregos no segmento de óleo e gás no mês de setembro. As oportunidades são animadoras no estado

Com perspectivas animadoras, o setor de óleo e gás, no estado do Espírito Santo, traz chances para quem busca emprego. Serão mil novos empregos, parte deles com contratação a partir do mês que vem. As oportunidades serão abertas por empresas capixabas que venceram licitação para retirar sistema de plataforma (descomissionamento) e também a atividade de exploração e produção irá criar novas vagas. Veja também: Whirlpool, dona das marcas Consul e Brastemp, irá construir um novo centro de distribuição no Espírito Santo. Aportes podem chegar a R$ 5,9 milhões e 139 empregos serão abertos

Descomissionamento de uma embarcação da Petrobras

O consórcio Decom Ambiental, composto pelas empresas capixabas SA Ambiental, SB2 Engineering e Plamont Engenharia, com a paulista Litucera e a carioca Sanfreire, foi vencedor do Lote A (linhas flexíveis). Ele saiu vencedor na licitação do Descomissionamento do ALSUB (Almoxarifado Submarino) da Petrobras e segundo o site Tribuna Online, o projeto prevê abrir 115 empregos diretos e outras 300 indiretos.

Tal operação a ser realizada no estado do Espírito Santo, consiste em retirar o sistema submarino de uma plataforma de óleo e gás. Hugo Marques, diretor da SB2 Engineering Services, explica que a mobilização operacional deverá ocorrer a partir de janeiro ou fevereiro de 2022, mas a contratação de alguns profissionais e aquisição ou aluguel de grandes máquinas (guindastes, caminhões, empilhadeiras, por exemplo), além da construção (ou aluguel) de áreas, escritórios e canteiros está prevista para iniciar em setembro, considerando que nos próximos 45 dias será assinado o contrato com a Petrobras.

As oportunidades de emprego que serão geradas com o projeto, no estado do Espírito Santo

Hugo ressalta que uma empresa de planejamento e gerenciamento de projetos será contratada e se encarregará das vagas de emprego e demais serviços. “Os salários vão depender de cada cargo, mas variam de R$ 5 mil a R$ 35 mil”. O diretor da SB2 Engineering Services ainda diz que a disponibilidade e comprometimento, bem como inglês fluente para os cargos de engenharia e técnicos, serão perfis desejáveis durante a contratação para as oportunidades de emprego, no Espírito Santo.

“O projeto do descomissionamento do ALSUB da Petrobras é uma atividade que inaugura uma grande frente de negócios no Brasil. Não só pela dimensão (serão removidas 69 mil toneladas de material), mas também por conta do ineditismo desse projeto, uma vez que até hoje não foram feitas remoções de sistemas submarinos em nosso País”, comenta Hugo.

Confira ainda esta notícia: Nova fábrica da Philco começa a ser construída no Espírito Santo. A unidade de R$ 200 milhões poderá gerar 1.500 empregos

A empresa de eletrodomésticos Britânia, detentora da marca americana Philco no Brasil, deu início às obras da nova fábrica no município de Linhares, localizado no norte do estado do Espírito Santo. O investimento é de aproximadamente R$ 200 milhões e prevê gerar cerca 1.500 empregos diretos inicialmente, podendo chegar até duas mil contratações.

O prefeito da cidade o norte do Espírito Santo, Guerino Zanon, fez o anuncio do início das obras através de uma rede social. “É com prazer que anunciamos o início do maior projeto fabril do Espirito Santo. A fábrica da Britânia /Philco começa a ser construída na nossa cidade, Linhares, com 70.000 m2 de piso de fábrica e que irá gerar mais de 2.000 diretos para os capixabas”, disse.

Além de promover a geração de empregos aos trabalhadores da região e, assim, garantir o desenvolvimento econômico do município, a prefeitura acredita que a fábrica vai ter um impacto positivo na economia de todo o Espírito Santo.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe