Prefeitura de São Paulo reabre inscrições para 400 vagas de emprego na construção civil

São Paulo - vagas de emprego - construção civil - Prefeitura Colaboradores no canteiro de obras – Fonte: Pixabay


Prefeitura de São Paulo prolonga as inscrições para vagas de emprego no setor da construção civil, com salários que variam de R$ 1.707 a R$ 2.990

A prefeitura de São Paulo reabriu o processo seletivo que foi realizado em 16/04 com muitas vagas de emprego na indústria de construção civil. Se você trabalha na área de construção civil, não perca essa oportunidade! As vagas de emprego fazem parte do programa Contrata SP, e conta com 400 vagas na área de construção civil. Vale ressaltar que os cargos exigem experiência comprovada, além de ser especializado para obras de grande porte.

Leia também

Na primeira etapa do processo seletivo disponibilizado pela Prefeitura de São Paulo, de 469 inscritos, apenas 157 passaram para outras fases da seleção das vagas de emprego. Segundo Aline Cardoso, secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, a Prefeitura de São Paulo resolveu estender as inscrições, com o objetivo de ampliar as chances aos profissionais de construção civil. Muitas vagas de emprego necessitam de um tempo maior para a seleção, pois se tratam de conhecimentos específicos.

Realize a sua inscrição nas vagas de emprego em São Paulo

Se você está interessado nas vagas de emprego para a indústria de construção civil, em São Paulo, não perca tempo! Para participar, basta preencher um formulário com os seguintes dados:

  • CPF;
  • Nome Civil;
  • Nome Social;
  • Data de Nascimento;
  • Telefone/Celular;
  • E-mail;
  • Identidade de Gênero;
  • Raça/cor;
  • PPD (Opcional);
  • CNH;
  • Nacionalidade.

Para realizar sua inscrição, CLIQUE AQUI!

Os interessados nas vagas de emprego devem passar por uma seleção pelos técnicos do Cate e, em seguida, convocados para comparecer ao Cate Central, que será aberto exclusivamente para essa atividade.

Sobre os salários das vagas ofertadas em SP

Os salários das vagas propostas pelo Contrata São Paulo variam entre R$1.707 a R$ 2.990. Em algumas dessas vagas de emprego, os salários serão negociados diretamente com empresa que está contratando.

Dentre as vagas de emprego disponibilizadas pela Prefeitura de São Paulo, 20 vagas são para pedreiro, carpinteiro e encanador, com salário de R$ 2.091. Os concorrentes podem estar com a escolaridade em andamento, no ensino fundamental. Há, também, 20 vagas para servente de obras com experiência, necessitando possuir ensino fundamental completo, e os salários são de R$ 1.707.

Há 10 vagas para armador e o salário é de R$ 2.091. Nessas vagas, será exigido no mínimo seis meses de experiência com comprovação na carteira de trabalho e ensino fundamental incompleto.

Como motorista, serão 40 vagas e será necessário ensino fundamental completo e CNH na categoria E. Além disso, há 20 vagas para operador de escavadeira e retro escavadeira, com experiência, e 15 vagas para frentista de túnel.

Nas vagas de conhecimento específico, há 15 vagas como encarregado de cabeça de corte. A prefeitura de São Paulo está com vagas para atuar também como operador de guindaste, operadores de perfuratriz, injetores e operadores de bomba de concreto, gredista, sinaleiros, entre outras.

Estimativa para a Construção civil neste ano de 2021

De acordo com projeções do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-SP), em parceria com a FGV, o PIB no setor de construção tem estimativa de crescer 3,8% em 2021, uma recuperação importante se comparado ao ano anterior, que fechou com queda de 2,5%.

Para este ano, a expectativa é que o PIB da construção cresça, devido ao desempenho das obras empresariais, que, por conta da abertura de novos canteiros, irá ter alta de 4,1%. Além delas, outro componente será o consumo das famílias no varejo para reformas domésticas e obras, que deve crescer 3,5% este ano.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.