Pré-Sal Petróleo encheu os cofres da União em 2020 com aporte de R$ 704,2 milhões

Flavia Marinho
por
-
13-01-2021 12:13:54
em Petróleo, Óleo e Gás
pré sal - União - petróleo

PPSA, a estatal de petróleo e gás, responsável por representar o Brasil nos contratos de partilha de produção, em áreas do pré-sal captou R$ 704,2 milhões para a União em 2020

PPSA de petróleo e gás, responsável por representar o Brasil nos contratos de partilha de produção, em áreas do pré-sal, arrecadou para os cofres da União no ano passado R$ 704,2 milhões, informou a companhia na última terça-feira  (11/01). Procurando emprego? Currículo e carteira de trabalho em mãos para concorrer as vagas de emprego abertas ontem (12/01) e trabalhar no centro Industrial Manserv

Leia também

Do montante de R$ 704,2 milhões, 89% ou seja, R$ 627,8 milhões foram referentes à comercialização da parcela de petróleo e gás da União sob gestão da estatal.

O resultado de 2020 expressivo da companhia foi 33,5% superior ao de 2019 e 119% ao de 2018, quando a empresa iniciou esta atividade.

Já outros R$ 76,4 milhões, que correspondem aos 11% restantes, foram arrecadados por meio de um Acordo de Equalização de Gastos e Volumes assinado entre a PPSA e a Petrobras em junho de 2020, referente à parcela da União na produção de petróleo e gás natural no campo de Tartaruga Verde Sudoeste, objeto de contrato de partilha de produção assinado em 17 de dezembro de 2018.

Arrecadação da União com a estatal PPSA – Pré-Sal Petróleo

Somente no ano passado, foram comercializados 2,8 milhões de barris de petróleo da Área de Desenvolvimento de Mero e do Campo de Entorno de Sapinhoá, que operam em regime de partilha de produção, e 37,7 milhões de metros cúbicos de gás dos Campos de Entorno de Sapinhoá, Tartaruga Verde Sudoeste e Tupi.

Desde 2018, a Pré-Sal Petróleo já arrecadou R$ 2,68 bilhões para os cofres da União, sendo R$ 1,38 bilhão com a atividade de comercialização do petróleo e gás e R$ 1,3 bilhão com equalizações de gastos e volumes realizadas pela companhia em áreas onde a União tem participação nos Acordos de Individualização da Produção.

Brasil terá investimento bilionário em atividade exploratória de petróleo offshore e onshore, neste ano de 2021

Brasil terá um aporte bilionário de R$ 5,4 bi ao longo do ano de 2021 para investir na perfuração de novos blocos, exploração offshore e onshore; e contratação de levantamentos sísmicos, disse nesta terça-feira (12/01), a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

No offshore brasileiro está previsto a perfuração de 18 novos poços, que terão investimentos bilionários de R$ 5,1 bi e segundo a ANP, as pesquisas sísmicas 2D somarão 450 km, enquanto que as sísmicas 3D abrangerão uma área de 2.457 km², terão aporte de R$ 44 milhões.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.