Início Porto do Rio de Janeiro fatura R$ 20,5 milhões e registra um total de 906 mil toneladas de cargas, a maior movimentação de cargas do ano

Porto do Rio de Janeiro fatura R$ 20,5 milhões e registra um total de 906 mil toneladas de cargas, a maior movimentação de cargas do ano

3 de dezembro de 2021 às 12:48
Compartilhe
Siga-nos no Google News
rio - porto - docas - movimentação de cargas
Porto do Rio de janeiro

Movimentação de cargas da Docas do Rio – portos administrados pela Autoridade Portuária – Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis, somou 53,2 milhões de toneladas no acumulado de janeiro a outubro, deste ano.

O Porto do Rio de Janeiro movimentou um total de 906 mil toneladas de cargas no último mês de outubro. O número foi o maior volume mensal registrado em 2021 até o momento, superou em 15,4% a movimentação de setembro passado e cresceu 31,1% em relação a outubro de 2020.

Leia também

O relatório do setor de Planejamento de Negócios da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) aponta ainda que o faturamento do Porto do Rio de Janeiro, em outubro, foi o segundo maior do ano, em termos nominais, atingindo a marca de R$ 20,5 milhões. O valor é 27,8% maior que o faturamento de setembro e 4,3% a mais que o resultado obtido em outubro de 2020.

Abertura da navegação noturna no Canal da Cotunduba, contribui para os bons resultados que o Porto do Rio de Janeiro

Para o diretor de Negócios e Sustentabilidade da Docas do Rio, Jean Paulo Castro e Silva, “além do bom momento de crescimento da movimentação de cargas em função do arrefecimento dos efeitos da pandemia, melhorias implementadas pela Autoridade Portuária, como a abertura da navegação noturna no Canal da Cotunduba, contribuíram para os bons resultados que o Porto do Rio de Janeiro vem atingindo”.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Considerando o desempenho conjunto dos quatro portos administrados pela Autoridade Portuária – Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis – no acumulado deste ano, de janeiro a outubro, a movimentação de cargas da Docas do Rio somou 53,2 milhões de toneladas, o que corresponde a um acréscimo de 21,7%, quando comparada ao mesmo período de 2020. Somente no Porto do Rio de Janeiro, a principal carga movimentada – a carga conteinerizada – acumula alta de 29,6% na comparação com o ano anterior. Somando a movimentação de carga conteinerizada dos Portos do Rio de Janeiro e de Itaguaí, a alta é de 13,6%, na comparação do acumulado de 2021 com o mesmo período de 2020.

Segundo o diretor-presidente da Docas do Rio, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, “o excelente resultado registrado no acumulado deste ano, até outubro, refletiu no faturamento da companhia, que já soma R$945,2 milhões em 2021 e apresenta um incremento de 78,9% em relação ao mesmo período de 2020”. Analisando ainda que, somente no último mês de outubro, a receita dos quatro portos foi de R$104,4 milhões, superando em 57,6% o faturamento de outubro de 2020, o presidente Laranjeira acredita que a Autoridade Portuária “vai superar a estimativa inicial de atingir a marca de R$ 1 bilhão no faturamento deste ano”.

Docas do Rio participa do principal congresso do setor portuário na América Latina

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), responsável pela administração dos Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis, participa do XXIX Congresso Latino-Americano de Portos – AAPA Latino 2021, em Cartagena, na Colômbia, e, na ocasião, recebeu o certificado de filiação à Associação Americana de Autoridades Portuárias (AAPA), que organiza o evento em parceria com o grupo Puerto de Cartagena. O congresso começou na segunda-feira (29), quando aconteceu uma visita técnica ao porto anfitrião, e termina na quarta-feira (1º).  

Representada pelo diretor-presidente, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, pelo diretor de Negócios e Sustentabilidade, Jean Paulo Castro e Silva, e pela superintendente de Sustentabilidade do Negócio, Gabriela Campagna, a Docas do Rio divide um espaço comercial de exposição com outras Autoridades Portuárias como a Companhia Docas do Estado da Bahia (Codeba), Portos do Rio Grande, Portos do Paraná, Porto de Vitória e Santos Port Authority (SPA). A comitiva brasileira conta também com a presença do Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni.  

No segundo dia do evento, terça-feira (30), foi realizada uma entrega simbólica, aos diretores da Docas do Rio, do certificado de adesão da companhia à AAPA, que representa mais de 130 Autoridades Portuárias Públicas nos Estados Unidos, Canadá, Caribe e América Latina. O diretor-presidente da Docas do Rio, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, acredita que “a filiação da companhia à entidade promove uma aproximação com autoridades portuárias de muitos países, o que pode gerar benefícios mútuos” e destaca que “a AAPA é uma instituição secular que promove os interesses comuns da comunidade portuária, conta com um programa de formação e capacitação interessante aos profissionais do setor e fomenta o desenvolvimento portuário em diversas áreas como comércio, transporte, segurança, infraestrutura e meio ambiente”.

Segundo os organizadores, o congresso reúne mais de 400 líderes portuários e especialistas internacionais em gestão portuária de 30 países, fazendo com que o fórum se destaque como o mais importante encontro de negócios do setor. O objetivo é debater perspectivas para o futuro do comércio exterior, do transporte marítimo e dos portos e apresentar investimentos e projetos. Com isso, o evento é considerado uma grande oportunidade de ampliar a rede de contatos, se atualizar sobre o setor portuário e promover as relações comerciais.  

Relacionados
Mais recentes