Início Por R$ 243 mil, multinacional Volkswagen ressuscita a lendária Kombi, agora equipada com motor elétrico de 204 cv de potência, autonomia de até 425 km e bateria que pode ser recarregada em 30 minutos!

Por R$ 243 mil, multinacional Volkswagen ressuscita a lendária Kombi, agora equipada com motor elétrico de 204 cv de potência, autonomia de até 425 km e bateria que pode ser recarregada em 30 minutos!

10 de junho de 2022 às 04:17
Compartilhe
Siga-nos no Google News
kombi - volkswagen - fusca - carros elétricos
beginn Kombi Volkswagen Imagem: id.buzz in hannover

2023 VW ID. Buzz, que é chamado carinhosamente de Kombi elétrica, entra na produção em série da montadora alemã Volkswagen para marcar o retorno de um ícone!

Depois de décadas de provocação com conceitos, alguns mais realistas do que outros, a multinacional fabricante de veículos Volkswagen finalmente pressionou o botão de Iniciar no renascimento da lendária Kombi. A identidade Buzz está saindo quentinha da linha de produção da montadora alemã em Hannover, onde a fábrica foi revisada nos últimos dois anos para acomodar o ícone renascido.

A Volkswagen pretende montar até 15.000 unidades ao longo de 2022. O volume aumentará maciçamente para 130.000 veículos assim que a produção atingir a velocidade máxima. Para garantir que a montagem do motor elétrico começasse sem problemas, cerca de 4.000 funcionários receberam treinamento especializado.

Artigos recomendados

De acordo com a montadora alemã, as entregas para clientes europeus começarão no final de setembro deste ano, enquanto os compradores dos EUA estão em uma longa espera, já que as remessas não começarão até o final de 2023.

KOMBI ELÉTRICA e KOMBI ANTIGA: existe algo em comum? Assista ao vídeo abaixo e confira o retorno da lendária, agora na versão elétrica!

A antiga Kombi, aquele veículo que se tornou famoso na era hippie, mantém grande parte do formato do corpo e do estilo de linha reta. Ela também exibe o acabamento característico de dois tons dos carros elétricos Volkswagen, o pára-choques com trama de diamante e o conjunto óptico Led.

Kombi elétrica poderá ser recarregada em 30 minutos

A Volkswagen observa que o ID. Buzz e o ID. Buzz Cargo são bem equipados de série, com a bateria de íons de lítio de 77 kWh (82 kWh brutos) – a maior disponível entre todos os modelos da linha ID até agora – e um motor elétrico montado no eixo traseiro capaz de fornecer 150 kW (204 cv) de potência e 31,6 kgfm de torque.

O alcance combinado WLTP é de até 423 km para o Volkswagen ID. Buzz Pro e 425 km para o ID. Buzz Cargo, com um consumo de combustível WLTP de 20,6 kWh/100 km e 20,4 kWh/100 km, respectivamente. A bateria pode ser recarregada de 5 a 80% de sua capacidade em cerca de 30 minutos usando uma estação de carregamento rápido DC com a potência máxima de carregamento de até 170 kW.

Ambos os modelos também vêm com um quadro de instrumentos digital de 5,3″, sistema de informação de entretenimento com tela 10″, volante multifuncional, faróis de LED, ar-condicionado automático, partida sem chave, controle de cruzeiro e sistemas de assistência/alerta ao motorista. Entre eles, estão o Car2X, Park Distance Control e o sistema de frenagem de emergência Front Assist — além de alerta de faixa no ID. Buzz Pro.

E não para por aí: a nova ‘Kombi’ elétrica mede 4.712 mm de comprimento, 2.988 mm de distância entre eixos, 1.985 mm de largura e 1.937 mm de altura. Já a capacidade de carga é de 1.121 litros e de 2.205 litros com bancos traseiros rebaixados. Além disso, será oferecida na versão para cinco passageiros e um comercial para três pessoas com uma parede fixa com um vidro nela, com capacidade de carga de 3.900 litros e a carga útil de 650 quilos. Ainda suporta um peso bruto de até 3.000 kg.

A versão específica dos EUA terá uma distância entre eixos mais longa, para acomodar três fileiras de assentos. Embora a VW atualmente produza apenas um modelo de tração traseira com um único motor elétrico, o ID. Buzz vai obter um derivado mais potente equipado com AWD, com uma configuração de motor duplo. Espere algo próximo de 300 hp, considerando que é isso que o ID.4 GTX e o ID.5 GTX oferecem.

Afinal quanto custará o retorno desse icônico VW?

Os preços começam em 64.581 euros (67.910 euros para o modelo de 5 lugares com entre-eixos padrão ID. Buzz Pro, embora o desconto ambiental na Alemanha de até 7.500 euros baixe para 56.606 euros (R$ 296.100) o valor final). O ID. Buzz Cargo, versão de carga, começa em 54.430 euros ou 46.455 euros (R$ 243.050) após o desconto ambiental na Alemanha – os preços incluem o IVA de 19%.

Aguardada no Brasil, a Kombi elétrica deve ser lançada por aqui nas versões de passageiros e carga, segundo apuramos há algum tempo. No entanto, a Volkswagen ainda não tem uma palavra oficial sobre datas ou mesmo confirmação de lançamento, mas trata-se de um modelo estratégico em sua linha de veículos elétricos e não deve ficar de fora quando a eletrificação da marca alemã estiver mais avançada por aqui. 

Montadora chinesa clona a icônica Kombi da Volkswagen logo após fabricar descaradamente uma cópia elétrica do Fusca

A indústria chinesa ainda não abandonou alguns velhos hábitos, e a multinacional Volkswagen não ficou nem um pouco contente com a fabricante de carros elétricos ORA, que faz parte do grupo Great Wall Motors. A marca apresentou recentemente um clone do Fusca no Salão do Automóvel de Xangai. Nomeado de ORA Punk Cat, o veículo tem os mesmos traços do icônico carro da montadora VW. Como se não bastasse, outra montadora chinesa, a SongSang Motors, fez o clone da icônica Kombi. Será que vai dar “pano para manga”?

A montadora chinesa lançou um novo modelo inspirado em um já existente. Neste caso, é a SongSang Motors que apresentou o SS Summer, uma van com design retrô claramente baseado na Volkswagen Kombi ou Tipo 2.

É possível perceber no vídeo abaixo que a ORA se inspirou – para não dizer que copiou descaradamente – os traços do Volkswagen Fusca em seu novo Punk Cat. O capô com design curvo, os faróis arredondados e o desenho da parte traseira, com direito a lanternas ovaladas, remetem ao velho besouro.

O interior do ORA Punk Cat também faz lembrar o Fusca, já que é equipado com um volante de três raios e com instrumentos e mostradores em formato circular. Apesar da pegada retrô, o interior oferece tela de multimídia e console central em balanço.

Mas a criação desse carro com “sensação de máquina do tempo”, como disse a própria ORA, não agradou nem um pouco a Volkswagen, e a montadora alemã disse querer processar a montadora chinesa!

Relacionados
Mais recentes