Petrobras recebe apenas duas ofertas pela Liquigás, distribuidora de GLP

Petrobras e a venda da Liquigás

Investidores teriam sido afugentados por mudanças na distribuição de GLP anunciadas pelo governo e pela Petrobras, como o fim da exclusividade de marcas

O prazo para recebimento de propostas por parte dos interessados se encerrou na última sexta-feira (16/08) e contrariando interesse de grandes grupos empresariais e fundos de investimentos, a Petrobras recebeu apenas duas ofertas pela Liquigás, sua subsidiária de distribuição de botijões de gás liquefeito de petróleo (GLP). Já em relação ao Gás canalizado, seis empresas disputarão com a Petrobras a distribuição do Gás do Centro-Sul.

As pretendentes

A informação extra oficial é que apenas o fundo árabe Mubadala e o consórcio formado por Itaúsa e Copagaz teriam entregue propostas de ofertas vinculantes para a compra da distribuidora.
A movimentação no meses que antecederam a apresentação das propostas foi muito grande, com as empresas e fundos de investimentos tentando formar os consórcios.

Algumas empresas, porém, desistiram de participar da concorrência da Petrobras, como foi o caso da holandesa SHV Energy, dona da distribuidora Supergasbras.

A empresa, gigante no setor e dona de 19,7% do mercado, negociava a formação de um consórcio com a gestora GP Investments, mas a criação da empresa não foi a frente, assim como a SHV que negociava a criação de um consórcio com a distribuidora Consigaz, que tem 8,6% do mercado, mas também desistiu.

Especula se no mercado que a razão das desistências teria sido o pacote de mudanças anunciado pelo governo no mercado de distribuição de GLP.
Mudanças como a venda fracionada do botijão do gás e o fim da exclusividade nas marcas dos botijões, teriam sido o motivo da queda de interesse de possíveis compradores, por não terem sido detalhados a contento pelo governo.

A Liquigás é a segunda maior distribuidora de GLP do país e o governo estimava arrecadar cerca de R$ 3 bilhões com a venda da subsidiária da Petrobras.
Após as negociações com os dois concorrentes, a proposta vencedora será levada ao conselho de administração para uma decisão final.

Leia também ! ANP autoriza mais duas empresas a trabalhar no Gás Natural !

TENHA UM CV ESPECÍFICO PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS

Você gostaria de ter um currículo desenvolvido especialmente para uma vaga no meio marítimo, em plataforma, offshore ou cabotagem? Adquira seu currículo offshore formatado e específico aqui📄
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.