Petrobras lança programa de aposentadoria e prevê desligar 3.800 pessoas

petrobras, aposentadoria petrobras, aposentadoria

Menos funcionários! A Petrobras quer incentivar novos desligamentos de funcionários por meio do PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada) com vigência até dezembro de 2023.

Confira ainda:

Até 2025, a empresa pretende dispensar cerca de 3.800 funcionários, através de dois programas, que é o da aposentadoria (PAI) e através do Programa de Desligamento Voluntário (PDV – já lançado anteriormente). Novos ajustes foram aprovados pela empresa para estímulos nas adesões do PDV. A previsão é de uma economia de R$ 7,6 bilhões.

Em nota, a Petrobras informou que “Os programas são importantes ferramentas de gestão de efetivo na companhia, sendo mais uma medida com foco na redução de custos, a fim de reforçar a resiliência dos negócios da companhia”.

Além dos dois programas citados, a empresa também fez mudanças no PDV específico para empregados em ativos em processo de desinvestimentos e para os que trabalham no segmento corporativo da empresa. Referente a esses dois últimos, a Petrobras disse que os programas são feitos em ciclos e com menor número de vagas, totalizando menores valores.

Ela ainda informou que os impactos financeiros dos programas só serão sentidos nos próximos três anos. “Isso porque, no PAI, os desligamentos só ocorrerão quando da concessão da aposentadoria dos empregados constantes do público alvo e, no PDV 2019, a existência de categorias no programa que preveem a saída em até 24 meses produzem o efeito de diluir os desligamentos no tempo”, explicou.

As indenizações aos trabalhadores que aderirem aos programas serão feitas em duas parcelas: a primeira no momento do desligamento e a segunda em julho de 2021 ou um ano após o desligamento, o que for maior.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos