Petrobras inicia processo de venda de campo onshore na Bacia de Potiguar, no Rio Grande do Norte

Roberta Souza
por
-
12-07-2021 16:01:39
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras – onshore – Rio Grande do Norte Fachada da Petrobras/ Fonte: Voz do bico

O campo onshore da Petrobras em processo de venda, no estado do Rio Grande do Norte, foi adquirido em 2006 pela estatal

Na última sexta-feira a Petrobras divulgou que iniciou o processo para vender sua participação em campo de petróleo onshore, na Bacia de Potiguar, no estado do Rio Grande do Norte. A estatal detém 70% do bloco exploratório terrestre POT-T-794, pertencente à concessão BT-POT-55ª, sendo que os demais 30% de participação pertencem a Sonangol Hidrocarbonetos Brasil. Veja ainda: Por US$ 300 milhões, Petrobras realiza venda de sua participação em campos onshore e de águas rasas à Petro+, no estado de Alagoas

Outros detalhes do campo onshore, localizado na Bacia de Potiguar

A concessão do campo onshore, na Bacia de Potiguar, foi adquirida no ano de 2006, durante a 7ª Rodada de Licitações de Blocos realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A Petrobras detém 70% de participação do campo onshore, no estado do Rio Grande do Norte e a Sonangol, operadora da concessão, detém os demais 30% de participação. O consórcio entre a Petrobras e a Sonangol, perfurou dois poços no campo onshore, sendo um descobridor de gás.

No comunicado divulgado ao mercado na sexta-feira, a Petrobras ainda informa que essa operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio, redução do endividamento e à melhoria de alocação do capital da empresa, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultra-profundas, onde a Petrobras tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos.

Leia ainda: Recentemente, a Petrobras vendeu sua participação de campo onshore à Petrom, na Bacia de Sergipe – Alagoas

A Petrobras assinou no dia 10 de maio, um contrato para a venda de sua participação no campo onshore de Rabo Branco, localizado na Bacia de Sergipe-Alagoas, no estado de Sergipe, para a Petrom. A estatal tinha 50% de participação e o valor do campo onshore foi de US$ 1,5 milhão e, a partir de agora, a empresa compradora irá obter todos os direitos sobre o campo terrestre de Rabo Branco.

No comunicado divulgado anteriormente, a estatal já havia assinado um breve acordo para realizar a venda do campo onshore para à Energizzi Energias do Brasil, porém a Petrom, que detêm os 50% restantes do campo de Rabo Branco na Bacia de Sergipe-Alagoas, e é a operadora do campo atualmente, exerceu seu direito de preferência, conforme previsto em contrato, o que acarretou a rescisão do contrato de compra e venda com a Energizzi. Na celebração do contrato com a Petrom, as mesmas condições foram estabelecidas.

O fechamento da transação da venda do campo onshore com a Petrom Produção de Petróleo e Gás está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, como aprovação pelo Cade – Conselho Administrativo de Defesa Econômica e pela ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos