Petrobras estende contrato com a Subsea 7 para 3 navios PLSV em operação

Paulo Nogueira
por
-
04-09-2020 05:39:00
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras Subsea 7 Seven Waves contratos offshore Navio PSLV Seven Waves – Subsea 7

Os navios de apoio do tipo PLSV Seven Waves, Seven Rio e Seven Cruzeiro da Subsea 7 permanecerão operando para a Petrobras por mais 1 ano

A Subsea 7 garantiu uma extensão de um ano com a Petrobras para os atuais contratos de longo prazo com taxas diárias para três navios de apoio a dutos (PLSVs) operando no offshore brasileiro.

Mais notícias macro-econômicas relevantes

Especificamente, as extensões têm um valor combinado de aproximadamente $ 155 milhões, líquido de reduções acordadas para as taxas diárias atuais, e aumentam a carteira de pedidos relativos aos quatro PLSVs brasileiros para US $ 493 milhões em 31 de agosto de 2020.

A Seven Waves, a Seven Rio e a Seven Cruzeiro irão operar com uma nova tarifa diária a partir de 1 de agosto de 2020 para a Petrobras.

Além disso, os períodos de contrato firme terminarão agora no segundo trimestre de 2022, no terceiro trimestre de 2022 e no quarto trimestre de 2022, respectivamente.

Além disso, a Seven Sun concluirá seu contrato atual no segundo trimestre de 2022 com a taxa diária vigente.

Marcelo Xavier, vice-presidente para o Brasil, disse: “Essas extensões de contrato refletem nosso relacionamento de longa data com a Petrobras e o desejo de ambas as partes de alcançar uma solução mutuamente benéfica nestes tempos desafiadores. Continuamos focados em ter um desempenho seguro e de alto padrão para nosso valioso cliente. ”

Subsea 7 ganha contrato em Trinidad e Tobago – O escopo do contrato da Subsea 7 cobre o gerenciamento do projeto, engenharia, aquisição, instalação e pull-in de uma linha de fluxo rígida submarina e riser flexível, juntamente com linhas de fluxo flexíveis e infraestrutura submarina associada e sistema umbilical. Saiba mais aqui sobre esta nova aquisição.

Curiosidade – Equipamentos característicos de um navio do tipo PLSV

Resumo: Alguns equipamentos estão comumente presentes na construção de embarcações deste gênero. Tais como: Carretel ou Bobinas, Tensionadores, Guindastes, Guinchos, Cestas, ROV e Sistema DP.

Carretel ou Bobina: É responsável pelo armazenamento dos dutos rígidos ou flexíveis durante o transporte até o local de lançamento. Quando utilizados em carregamentos de dutos rígidos, os carretéis devem possuir um diâmetro interno grande, a fim de diminuir as deformações plásticas às quais os dutos estarão submetidos durante o enrolamento. As embarcações atuais deste gênero possuem diâmetros internos superiores a 15 metros. Dutos flexíveis possuem um raio mínimo de curvatura permitido em uma ordem de grandeza menor que a de dutos rígidos, cerca de 3m. Contribuição de Willys Tavares.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.