Petrobras detecta hidrocarbonetos na Peroba

Petrobras detecta hidrocarbonetos na Peroba

A Petrobras notificou às autoridades brasileiras da detecção de hidrocarbonetos em um gigante do pré-sal, novas perspectivas a caminho

A Petrobras notificou autoridades regulatórias brasileiras após a detecção de hidrocarbonetos na Peroba, uma gigante perspectiva do pré-sal onde a britânica BP e a Corporação Nacional de Exploração e Desenvolvimento de Petróleo e Gás da China (CNODC) são parceiras. O ativo denominado de 1-BRSA-1363-RJS, foi perfurado em 24 de outubro pelo navio sonda de águas ultraprofundas ODN II.

A ANP, reguladora de atividades de petróleo do Brasil, estima que a Peroba tenha cerca de 5,3 bilhões de barris de petróleo no local. A notificação pública de qualquer detecção de hidrocarbonetos em um poço de exploração, por si só, não serve como indicação de potencial comercial. No entanto, as expectativas estão altas porque a Peroba foi um dos prospectos mais disputados na oferta de contratos de compartilhamento de produção do Brasil, em 2017, na província do pré-sal.

O consórcio liderado pela Petrobras licitou uma participação de produção do governo de 76,96%, juntamente com um bônus de assinatura fixado em 2 bilhões de reais, equivalente a US $ 540 milhões. A  americana ExxonMobil, a Equinor da Noruega, a China National Offshore Oil Corporation e a maior companhia anglo-holandesa Shell estavam entre os perdedores.

A disponibilidade de sísmica 3D de boa qualidade na Peroba e a pressão para justificar um grande bônus de assinatura persuadiram os parceiros a se moverem rapidamente para a operação de perfuração.

A BP tem uma participação de 40% no projeto, com o CNODC em 20%.

Ativos que a Petrobras passou para à CNODC

A subsidiária chinesa de petróleo, CNODC que pertence à China National Petroleum Corporation( CNPC), conseguiu adquirir da Petrobras 20% do Refino do Comperj e alguns campos da Bacia de Campos, são eles: Marlim, Voador, Marlim Sul e Marlim Leste, em todas estas a fatia será de 20% também. Saibam mais detalhes aqui.

Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.