Petrobras coloca à venda ativos na Bacia do Espírito Santo

Paulo Nogueira
por
-
15-01-2020 20:18:57
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras Golfinho venda Camarupim Bacia do Espírito Santo

Para otimização de custos, a Petrobras iniciou hoje um teaser para os polos marítimos  Golfinho e Camarupim

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira(15) uma nova etapa de divulgação da oportunidade (teaser), à sua participação em duas unidades de concessões marítimas em águas profundas no pós-sal, nomeados de Polo Golfinho e Polo Camarupim, sitiados na Bacia do Espírito Santo. O teaser, que mostra as principais informações desta oportunidade, até mesmo critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da Petrobras: https://investidorpetrobras.com.br/pt/resultados-e-comunicados/teasers.

Leia mais

As principais etapas subsequentes do projeto serão informadas oportunamente . A presente divulgação está de acordo com as diretrizes para desinvestimentos da Petrobras e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, previsto no Decreto 9.355/2018.

Essa operação visa otimizar  o portfólio da Petrobras e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor para os seus acionistas.

Sobre os Polos marítimos

O Polo Golfinho está localizado em lâmina d’água entre 1.300 m e 2.200 m, compreendendo os campos de Golfinho, produtor de óleo, e Canapu, produtor de gás não associado, e o bloco exploratório BM-ES-23. A produção total média dos campos entre 2018 e 2019 foi de 15 mil bpd de óleo e 750 mil m³/dia de gás.
O Polo Camarupim está localizado em lâmina d’água entre 100 m e 1.050 m, compreendendo os campos unitizados de Camarupim e Camarupim Norte, ambos produtores de gás não associado.

A Petrobras tem 100% de participação nas concessões dos Polos Golfinho e Camarupim(*), com exceção do bloco exploratório BM-ES-23, em que possui participação majoritária de 65%, em parceria com a PTTEP (20%) e Inpex (15%). A Petrobras é a operadora em todas as concessões.
As ofertas podem ser feitas por Polo, separadamente, ou em única oferta para os dois Polos.

(*) O processo de aquisição da participação da Ouro Preto pela Petrobras no campo de Camarupim Norte foi iniciado em agosto de 2018 e tem previsão de conclusão no 1º trimestre de 2020.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.