Início Petrobras: aumento de 19% no preço do gás natural nas distribuidoras passa a valer neste domingo (1º)

Petrobras: aumento de 19% no preço do gás natural nas distribuidoras passa a valer neste domingo (1º)

30 de abril de 2022 às 13:15
Compartilhe
Siga-nos no Google News
petrobras gás natural aumento
(Foto: Agência Brasil) Dutos da unidade de processamento de gás natural no pólo industrial de Guamaré

Petrobras aumentou o preço do gás natural em 19%. Os preços atualizados já passam a valer neste domingo, dia 1 de maio

Na última sexta-feira, dia 29, a Petrobras anunciou que os preços de venda de gás natural para as distribuidoras teriam um aumento de 19% a partir deste domingo, dia 01 de maio. Conforme a estatal, o aumento acontece devido a contratos que preveem reajuste a cada três meses de acordo com às oscilações do petróleo tipo Brent e taxas de câmbio no mesmo período.

A empresa ainda destacou que o preço do gás natural para os consumidores também é influenciado pelas margens de lucro das distribuidoras, além dos tributos federais e estaduais. “Em média, para clientes residenciais, a parcela Petrobras no preço ao consumidor corresponde a cerca de 28% da tarifa final, de acordo com informações do Boletim Mensal de Acompanhamento da Indústria do Gás, publicado pelo MME,’’ destaca nota da Petrobras.

Artigos recomendados

(Foto: Agência Brasil)

A Petrobras destaca que os novos preços do gás natural cobrado as distribuidoras se manterão os mesmos até 31/7/2022. A ação de atualizar o preço apenas a cada três meses é uma tentativa de mitigar o impacto de oscilações pontuais do petróleo tipo Brent. Dessa forma, é garantido aos consumidores previsibilidade e transparência em relação aos valores.

Os preços do gás no Brasil são aplicados de acordo com a Política de Preços de Paridade de Importação (PPI), que é uma forma de aplicar no mercado nacional os preços do mercado internacional. É levado em consideração o preço do barril de petróleo tipo BrentNos últimos meses, o valor cobrado pelo barril tipo Brent teve uma grande elevação principalmente pela guerra na Ucrânia. O barril saltou de U$ 82 no início de janeiro para U$ 130 no mês de março. O valor se estabilizou, estando cotado a U$ 105.

Quem são os impactados pelo aumento do gás natural?

Vale destacar que as mudanças no preço não irão afetar os clientes do gás liquefeito de petróleo (GLP). A medida da estatal deve impactar fortemente os usuários do gás natural canalizados e clientes que usam o Gás Natural Veicular (GNV). Alguns setores da industria também sofrerão com o impacto do reajuste, tais como produção química, metalúrgica, farmacêutica e têxtil.

O impacto do reajuste para o consumidor final é incerto. Como disse a Petrobras, o preço final ainda depende da margem de lucro das distribuidoras e dos tributos federais e estaduais.  

A atualização dos preços do gás natural da Petrobras seguiu os parâmetros de reajustes utilizados pelas demais empresas que atuam nesse segmento, com perfil semelhante ao da Petrobras, que variaram de 18% a 28% nos contratos vinculados ao petróleo Brent,” destaca a Petrobras. 

Relacionados
Mais recentes