Operador Nacional do Sistema Elétrico, a ONS apresentou proposta para preservação do reservatório de Furnas

ONS, reservatório, Furnas, Sistema Elétrico Reservatório de Furnas

A ONS, Operador Nacional do Sistema Elétrico, apresentou estratégia para preservar o reservatório de Furnas e da UHE Mascarenhas de Moraes

A ONS, Operador Nacional do Sistema Elétrico, apresentou proposta para operar as hidrelétricas de Furnas e Mascarenhas de Moraes, com o objetivo de reduzir o índice de declínio da capacidade de armazenamento até 2020. De acordo com as recomendações do Ministério de Minas e Energia, a proposta prevê também a restauração gradativa dos reservatórios das usinas a partir do início do período chuvoso.

Confira outras notícias:

No dia 24 de setembro, na quarta reunião do grupo de trabalho para avaliação das condições dos reservatórios do projeto, foi anunciada a estratégia da ONS, em relação as operação das usinas, que considerava o uso múltiplo da água. A operadora acredita que até novembro, a altura de operação da usina pode ser mantida em cerca de 2 metros, o que ajudará a restaurar o reservatório mais rapidamente no futuro.

O GT é supervisionado e coordenado pela Agência Nacional de Águas, MME, Ministério do Turismo e Infraestrutura, ONS, Agência Nacional de Energia Elétrica, Furnas, Associação Municipal do Lago de Furnas, Conselheiros Estaduais de Minas Gerais e diversas instituições da sociedade civil representante.

Furnas:

A Usina Hidrelétrica de Furnas foi a primeira usina construída pela Empresa, da qual herdou o nome. A barragem está localizada no curso médio do rio Grande, no trecho denominado “Corredeiras das Furnas”, entre os municípios de São José da Barra e São João Batista do Glória, em Minas Gerais. Tem 1216 MW de potência instalada.

Mascarenhas Moraes:

A história da Usina Mascarenhas de Moraes, anteriormente denominada Peixoto, data de 1947, dez anos antes da fundação de FURNAS, quando a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) via ameaçada de esgotamento a sua capacidade de geração. Sua capacidade é de 476 MW.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos