Nova plataforma da BMW promete sustentar todos os carros elétricos após 2025 e ainda ser compatível com motores a combustão

Valdemar Medeiros
por
-
17-08-2021 12:49:33
em Logística e Transporte
BMW - motores a combustão - carros elétricos - Evento The next 100 years da BMW – créditos: Youtube/Reprodução

Após quase 45 anos dos últimos modelos com a plataforma “Nova Classe”, BMW pretende retomar com a plataforma para seus carros elétricos e motores a combustão

A BMW utilizou a plataforma Neue Klasse (Nova Classe em alemão) pela última vez em uma série de carros que lançou entre 1962 e 1977. Foram modelos que salvaram a empresa da falência e a transformaram na empresa que é atualmente. Agora a fabricante anunciou que apresentará uma nova Neue Klasse que servirá tanto para carro elétricos quanto veículos com motores a combustão.

Leia também

BMW lançará um carro equivalente ao X3 com a nova plataforma

NOVO BMW X3 HÍBRIDO PLUG-IN 2021 ALÉM DE CONFORTÁVEL PROMETE FAZER 32 KM/L | TOP CARROS

A grande retomada com o novo Neue Klasse é que os veículos ligados ao projeto serão carros elétricos, além dos motores a combustão, todos eles fabricados sobre uma nova arquitetura modular.

O primeiro modelo a estrear com a plataforma será o equivalente elétrico da BMW Série 3 ou o correspondente elétrico do X3, que podem chegar ao mercado em 2025. De acordo com informações dadas pelo próprio CEO da BMW, Oliver Zipse, a grande novidade é a plataforma. O executivo ressalta que, com isso, a multinacional alemã pretende produzir carros elétricos perfeitos.

Segundo o CEO, este feito está sendo estabelecido com design da arquitetura, ao ser questionado sobre como instalar uma bateria eficiente no carro, ele responde: “onde você põe o sistema de transmissão? Atrás! Mas também haverá tração nas quatro rodas, podendo ter até mesmo um motor no eixo dianteiro”. Zipse afirma que se for um veiculo a bateria, o sistema deve estar configurado de forma totalmente correta.

Plataforma da BMW utilizará materiais reciclados

O CEO da BMW também afirma que a plataforma utilizará o máximo de materiais reciclados ou sustentáveis possível, que serão fáceis de se reciclar quando os carros elétricos chegarem ao fim de suas vidas úteis. Também haverá um fomento financeiro para tentar reaproveitar materiais, pois seu custo está subindo de forma lenta e a tendência é encarecer ainda mais.

De forma curiosa, a nova plataforma da BMW também poderá utilizar motores a combustão interno. De acordo com o executivo, futuramente, o dono do veículo poderá colocar outros tipos de motores a combustão no eixo dianteiro.

A arquitetura ainda tem como foco principal os carros elétricos a bateria. Isso trará ao consumidor um melhor desempenho de condução elétrica absoluta como qualquer plataforma elétrica pura.

Baterias eficazes e condução autônoma

A BMW atualmente está utilizando em seus carros elétricos baterias de quinta geração, mas com a plataforma, ela também estreará suas baterias de sexta geração. Elas terão uma densidade de energia mais alta, uma capacidade de carregamento ainda mais rápida e exigirão menos minerais terrestres raros.

A empresa afirma que o esperado é que suas baterias de estado sólido não estejam prontas para entrarem no mercado no mesmo momento em que lançar os carros elétricos Neue Klasse.

De acordo com Zipse, a empresa investiu recentemente no estado sólido e rapidamente teremos as primeiras vendas. Entretanto há uma grande diferença entre um protótipo ainda em teste e a industrialização. A nova plataforma não começará com estado sólido, mas com a arquitetura abrangendo talvez 15 ou 20 anos. As chances de que o Neue Klasse possua o estado sólido alguma hora é inevitável.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe