Início Nova fábrica de celulose da Suzano no MS, o maior investimento privado no Estado, promete gerar 10 mil vagas de emprego em julho deste ano

Nova fábrica de celulose da Suzano no MS, o maior investimento privado no Estado, promete gerar 10 mil vagas de emprego em julho deste ano

19 de março de 2022 às 18:30
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Fábrica de celulose- Suzano - empregos - MS - fábrica - investimento-privado
Suzano avança obras da nova fábrica de celulose em Ribas do Rio Pardo – imagem: Suzano/Divulgação

As obras do projeto Cerrado da Suzano no MS estão a todo vapor, e prometem gerar cerca de 10 mil vagas de emprego ainda este ano. A unidade já recebeu mais de R$ 18 bilhões em investimentos

As obras da construção da fábrica de celulose da Suzano em Ribas do Rio Pardo (MS), que é um dos maiores investimentos privados do estado, continuam a todo vapor e devem gerar em média 10 mil vagas de emprego até julho deste ano. A informação foi repassada pelo presidente e CEO da Suzano, Walter Schalka, e pelo diretor Luis Bueno nesta quinta-feira (17) ao governador do MS, Reinaldo Azambuja.  

Suzano planeja investir em outras áreas além da celulose

Andamento das obras Projeto Cerrado – Fevereiro 2022 – Reprodução/Youtube

Além da geração de milhares de vagas de emprego, o Estado e a empresa tem um compromisso de realizar investimentos em várias áreas do município, como saúde, infraestrutura logística, educação e segurança pública.

De acordo com o governador do MS, o município está vivendo um constante desenvolvimento econômico com a construção da fábrica de celulose da Suzano, e para obter o melhor desempenho do investimento o governo continuará estruturando as áreas, asfaltando a MS-338 e a estrada da unidade, construindo novas salas de aula e investindo no corpo de bombeiro e na polícia militar. Já a expansão no setor da saúde contará com a construção de um hospital pela Suzano, com a estruturação do Estado.  

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

O secretário do Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, afirmou que os investimentos da Suzano fortalecem o MS como maior fabricante e exportador de celulose do Brasil. Verruck afirma que o estado representa 27% das exportações do produto e, com estes investimentos, o estado continuará nessa posição no ranking nacional.  

Fábrica de celulose da Suzano recebe investimentos de R$ 19,3 bilhões  

O governador aproveitou a ocasião para apresentar à presidência o projeto de revitalização da malha oeste, que poderá ser essencial no escoamento do produto fabricado. A instalação da nova unidade de produção da empresa em Ribas do Rio Pardo, que criará milhares de vagas de emprego, conta com investimento de R$ 19,3 bilhões, sendo R$ 14,7 bilhões desse total para a parte industrial e o restante para estrutura logística, atividades florestais e outras iniciativas previstas em projetos desse tipo.  

A unidade começará suas atividades no segundo semestre de 2024 e, durante o pico de sua construção, devem ser gerados cerca de 10 mil vagas de emprego diretas, além de milhares indiretas. Quando concluída, a fábrica da Suzano promete gerar vagas de emprego para 3 mil pessoas, entre terceirizados e colaboradores próprios. Sendo referência mundial na produção de bioprodutos gerados a partir do eucalipto, a empresa afirma que o projeto Cerrado é o mais eficiente de seu portfólio em relação ao nível de emissão de carbono estimado após o início das atividades, que é muito baixo.

A fábrica terá capacidade de produzir, no início das operações, cerca de 13 milhões de toneladas de celulose e 1,4 milhão de toneladas de papel por ano. Também esteve presente na reunião Eduardo Rocha, o secretário de estado de governo e gestão estratégica. Para conferir as vagas de emprego disponíveis na empresa, acesse este link.

Sobre a Suzano  

Atuando há mais de nove décadas no mercado, a empresa vive em pleno processo de rejuvenescimento e, para isso, tem como motivação crescimento sustentável e alinhamento aos novos tempos, trabalhando com inovação e tecnologia de ponta em todas as suas operações.

Atualmente, a Suzano atua no setor de celulose de eucalipto, que é vendida em mais de 30 países, e papel, que é vendido em mais de 60 países, fazendo da empresa a segunda maior produtora global de celulose de eucalipto e a quinta maior de celulose do mercado mundial.

Relacionados
Mais recentes