Início Nova fábrica da Vivix em Goiânia fará Brasil entrar no segmento de vidros para painéis solares e promete gerar 4 mil empregos

Nova fábrica da Vivix em Goiânia fará Brasil entrar no segmento de vidros para painéis solares e promete gerar 4 mil empregos

28 de junho de 2022 às 13:33
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Nova fábrica Vivix fará Brasil entrar no segmento de vidros para painéis solares e promete gerar 4 mil empregos
Vivix Vidros Planos – FOTO: FELIPE FECA/DIVULGAÇÃO

A empresa pernambucana Vivix, possuidora de 13% das vendas de vidros planos no Brasil, irá multiplicar em 2x a capacidade de produção e aguarda receita de R$ 900 milhões em 2022

Fundada em 2011, a Vivix faz parte do grupo econômico ao redor da família Brennand, um dos mais diversificados da Região Nordeste. A empresa pernambucana Vivix Vidros planos (ou apenas Vivix) uma das principais fábricas de vidros planos com 100% do seu capital nacional, revelou na segunda-feira (27) um investimento de R$ 1,3 bilhão na ampliação da fábrica de painéis solares a base de vidro em Goiânia, nas proximidades de Recife, com expectativa de gerar mais de 4 mil empregos.

As vendas de vidros no território brasileiro

A Vivix detém 13% das vendas de vidro plano no Brasil, um mercado com forte presença de concorrentes do exterior — japonesa AGC, americana Guardian e francesa Saint-Gobain.  

Artigos recomendados

“A expansão da Vivix sempre fez parte do planejamento estratégico. Realizamos na época uma pesquisa que tem forte potencial existente no país, e em particular na região do nordeste, para o consumo de vidro plano. O vidro plano é um material de tendência, sendo usado em países desenvolvidos em maior escala do que no Brasil”. Afirma Lisboa, que dirige a Vivix desde a inauguração da primeira fábrica em 2011. Anteriormente, ele passou dez anos em vendas e marketing na GCB, após trabalhar nas áreas comercial e operacional da Bunge, da PepsiCo e da ExxonMobil.

Planos pós-expansão  

”Aqui no país, vemos a presença do vidro crescendo, mas com baixo consumo per capita de alguns países europeus e dos Estados Unidos, que é o enorme potencial que existe. Acreditamos que o mercado está, aos poucos, mudando a cada ano.”  

Os produtos fabricados nas duas fábricas serão vendidos para todas as regiões do Brasil, e uma parte será exportada. Assim como a primeira, a nova fábrica também utilizará o “Mine to Line“, que consiste em controlar a produção de vidro plano a partir da extração das matérias-primas em suas próprias minas. Para isso, a Vivix possui uma planta de beneficiamento localizada no município de Pedras de Fogo, no estado vizinho da Paraíba.  

A indústria produz vidro plano para uso na construção civil e decoração, com tecnologia moderna e padrões de qualidade. O portfólio da empresa inclui o vidro plano transparente colorido, laminado, espelho, pintura e proteção solar. Atualmente, as duas principais atividades da GCB são a Vivix e a Atiaia Energia.

A dimensão da Vivix no mercado brasileiro 

A obra de ampliação da fábrica da Vivix deverá gerar 4 mil empregos e ser concluída em 2025.   Construída ao lado da atual fábrica, a unidade deve permitir que a Vivix empregue diretamente 600 pessoas e alcance 2.400 indiretos.  

A nova planta terá um forno com capacidade de 1.000 toneladas por dia – o maior do país e um dos maiores do mundo, segundo a própria empresa.  

“Esse investimento deverá mais do que dobrar a atual capacidade de produção de vidro da Vivix, de 900 para 1.900 por dia”, disse Henrique Lisboa, presidente da Vivix. Em 2022, a Vivix espera uma receita de aproximadamente R$ 900 milhões, um aumento de 12% em relação ao resultado do ano anterior.    

Sobre a empresa

Fundada em 2011, a Vivix faz parte do grupo empresarial da renomada família Brennand, um dos mais diversos da Região Nordeste. Com mais de 100 anos, o grupo Cornélio Brennand iniciou suas atividades no setor de cerâmica, com oficinas de cerâmica espalhadas por Pernambuco.

Ao longo de sua história, diversificou suas atividades, lançando-se na produção de porcelanato e mantendo sua atuação na cadeia sucroalcooleira (área da agroindústria).

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes