Maior produtora de aço do Brasil, a Gerdau investirá R$ 1 bilhão na produção de aços especiais ainda este ano

Roberta Souza
por
-
19-04-2021 15:44:00
em Economia, Negócios e Política
Gerdau - aço - produção Foto: reprodução google

A Gerdau, maior produtora de aço do Brasil, anunciou nova produção de aços especiais. O investimento faz parte do plano global anunciado recentemente

A Gerdau anunciou hoje (19/04) que irá realizar investimento de R$ 1 bilhão na produção de aços especiais. O montante que será investido será destinado à modernização e expansão dos negócios para atender as perspectivas positivas do setor automotivo e de máquinas e equipamentos. A maior produtora de aço do Brasil disse em comunicado que o valor faz parte do investimento global anunciado em fevereiro, de R$ 3,5 bilhões. Devido ao impacto econômico da pandemia, parte dos recursos do plano está relacionada ao plano adiado de 2020.

Plano da Gerdau em investimentos em aços especiais

A Gerdau disse que os investimentos ficarão concentrados nas fábricas de Pindamonhangaba e Mogi das Cruzes, ambas localizadas no estado de São Paulo e em Charqueadas, no estado do Rio Grande do Sul.

A usina de Mogi das Cruzes vai reabrir sua siderúrgica, com previsão de retomada das atividades no segundo semestre. O local está paralisado desde março de 2019, e tem sua capacidade de produção anual de aproximadamente 180 mil toneladas, que serão laminadas na planta de Pindamonhangaba.

A Gerdau afirmou que a instalação de Pindamonhangaba continua investindo em novas fundições contínuas com início de operação previsto para agosto de 2022. A Gerdau instalará um novo “forno de recozimento e esferoidização para barras de aço” em Charqueadas, o que permitirá atender à crescente demanda de produção por materiais cada vez mais exigentes, principalmente no setor automotivo. A empresa informou que o equipamento tem capacidade de produção anual de 48 mil toneladas e entrará em operação em agosto de 2022.

Sobre a Gerdau: É a maior empresa no segmento de produção de aço do Brasil no quesito de aços longos, sendo a maior das Américas, e na produção de aços especiais, é a maior do mundo. No Brasil, a Gerdau ainda produz minério de ferro e aços planos. A empresa ainda é considerada a maior recicladora da América Latina e no mundo todo chega a transformar  milhões de toneladas de sucata em aço, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua.

Gerdau abre cursos de qualificação para pessoas com deficiência

A maior empresa de produção de aço do Brasil abriu o programa Pertencer em Minas Gerais, no qual são oferecidas 100 vagas para um curso de qualificação profissional que é destinado exclusivamente para pessoas com deficiência. O projeto da Gerdau prevê a capacitação de pessoas com deficiência na área de processos siderúrgicos, que serão realizados na usina de Ouro Branco, localizada no estado de Minas Gerais.

Além do IEL, o projeto também estabeleceu uma relação de cooperação com o Senai de Minas Gerais. A ideia é formar 4 turmas com no máximo 25 pessoas com deficiência. O projeto não será muito curto e pode durar até 10 meses. Isso inclui teoria e prática. Caso os participantes se destaquem, podem ser contratados pela empresa. Tudo isso depende da situação de vacância da Gerdau. Para participar do programa Gerdau, você deve ter no mínimo 18 anos. Além disso, é necessário ter concluído o ensino médio e morar em Ouro Preto. Ao se inscrever, é necessário apresentar também (CID-Classificação Internacional de Doenças). Essa pessoa deve estar disposta a participar de treinamento online e presencial. Clique aqui para acessar a matéria completa.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe