Início Lightsource BP investe no segmento de energia solar no estado do Ceará e assina PPA com a América Energia

Lightsource BP investe no segmento de energia solar no estado do Ceará e assina PPA com a América Energia

25 de julho de 2022 às 21:40
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O novo cluster de produção de energia solar da Voltalia será instalado no estado de Minas Gerais e foi batizado de Arinos, projeto que garantirá uma geração energética suficiente para o abastecimento da empresa e de terceiros na região.
Foto: Pixabay

A empresa britânica Lightsource BP resolveu investir no setor de energia solar no Ceará, assinando PPA e fazendo parceria com a América Energia. A colaboração irá financiar uma parte do parque solar de Milagres e oferecerá energia certificada a pequenas empresas com custo competitivo.

Nesta última segunda-feira, (25/07), a empresa britânica Lightsource BP anunciou que firmou um contrato de compra e venda de energia solar de 15 anos com a América Energia, comercializadora independente com média de 600MV no mercado livre brasileiro. O PPA (Power Purchase Agreement) será para financiar parte da planta solar de Milagres, localizada em Abaiara, no Ceará.

Planta solar da Lightsource BP em Milagres tem previsão de início de operação em 2024

Nesse sentido, é importante ressaltar que a expectativa é que a planta solar de Milagres tenha início de operação em 2024, apenas. A nova planta já conta com altos investimentos de R$ 800 milhões, a construção da planta em 21 meses também prevê a criação de 800 novos empregos diretos, com prioridade para contratação de mão de obra local, o que garantirá novas oportunidades para os residentes do estado do Ceará. Além disso, a parceria também oferecerá energia para pequenas empresas com custo competitivo.

Artigos recomendados

“O PPA faz parte da nossa estratégia chegar aos clientes menores, o que neste momento estamos conseguindo através de parcerias com comercializadoras que querem atuar mais no varejo”,  afirma ainda, o vice-presidente de Originação e Comercialização da Lightsource BP,  Pedro Vidal.

A parceria atende a emissão de Certificados de Energia Renovável (I-REC) para todo o período de volume comercializado. Dessa forma, a emissão serve como vetor de geração de valor para o cliente, isso porque garante a sustentabilidade e a rastreabilidade, certificando que a energia realmente vem de uma fonte limpa. Fazendo com que os clientes se sintam mais seguros com a companhia e também afirmam a qualidade da empresa.

Parceria exemplifica indicações da América Energia em atender o mercado livre

Desse modo, para o CEO da América Energia, Andrew Frank Storfer, o novo acordo exemplifica a diretrizes da sua empresa em atender a expansão do mercado livre com energia renovável e competitiva:  “Parte de nossa estratégia é o aumento de marketshare com o atendimento de consumidores de pequeno porte, a exemplo de pequenas indústrias, hotéis, postos de gasolina e estabelecimentos comerciais no geral”, aponta Andrew.

Por isso, com um longo portfólio de 4GW de projetos em desenvolvimento divididos entre as regiões do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, a empresa britânica Lightsource BP tem a expectativa de atender à demanda crescente por contratos de energia renovável solar, tanto por PPAs corporativos quanto de estruturas de autoprodução, por exemplo.

Já devido à diversificação geográfica, as parcerias salientaram que a fonte fotovoltaica consegue solucionar as demandas de clientes que não querem arriscar associar o seu investimento industrial a um parque solar no mesmo estado, por exemplo, dessa forma,  podendo escolher por se conectar a variados pontos do sistema interligado nacional no país.

É importante ressaltar que a empresa britânica Lightsource BP é a líder mundial no desenvolvimento e na gestão de projetos de energia solar. A companhia fornece energia sustentável de forma acessível para empresas e comunidades em todo o Brasil e no mundo, por isso a colaboração é tão importante para a crescente evolução da produção de energia limpa no país. A parceria acredita que todo o mundo precisa atender à demanda por energia através de medidas inteligentes e sustentáveis e viram no acordo a forma perfeita para que isso pudesse acontecer.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes