Karoon tem aprovação da Agência Nacional do Petróleo para assumir o campo offshore de Bauna da Petrobras

Flavia Marinho
por
-
23-10-2020 12:51:30
em Petróleo, Óleo e Gás
karron A Karoon concordou em comprar da Petrobras uma participação de 100% no campo de petróleo offshore de Baúna, no sul da Bacia de Santos, Brasil, em julho de 2019.

A Karoon concordou em comprar da Petrobras uma participação de 100% no campo de petróleo offshore de Baúna, no sul da Bacia de Santos, Brasil, em julho de 2019.

A empresa australiana de petróleo e gás Karoon Energy disse nesta sexta-feira (23/10) que o Conselho de Administração da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou, com condições, a aquisição do campo offshore de Bauna da Petrobras pela Karoon. Petrobras anuncia nesta manhã a venda de 3 mil poços de petróleo, 17 estações de tratamento de óleo, estação de gás, Terminal Aquaviário, gasodutos e oleodutos em Sergipe

Leia também

O campo está localizado em águas rasas na Bacia de Santos, na concessão BM-S-40, a 50-60 km das descobertas de Neon e Goiá da Karoon e a 50 km da área de exploração Clorita da Karoon.

A Karoon concordou em comprar da Petrobras uma participação de 100% no campo de petróleo offshore de Baúna, no sul da Bacia de Santos, Brasil, em julho de 2019.

Em comunicado na sexta-feira, a Karoon Energy afirmou: “A Karoon tem o prazer de anunciar que o Conselho de Administração da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (“ ANP ”) aprovou com condições, em reunião de conselho no dia 22 de outubro de 2020 (Horário Brasil), a cessão dos direitos e obrigações decorrentes do Contrato de Concessão BM-S-40 relativos ao campo de Baúna. “

“Uma vez que a confirmação por escrito da aprovação da diretoria da ANP seja emitida, uma condição precedente adicional para o fechamento da transação sob o contrato de compra e venda de Baúna e a última condição precedente regulatória pendente será satisfeita”, disse a Karoon.

Baúna inclui 6 poços produtores de petróleo, 3 poços injetores de água e 1 poço injetor de gás explorando 2 reservatórios (Baúna e Piracaba). Todos os poços são completações submarinas com conexões de volta ao FPSO Cidade de Itajaí, de propriedade da TeekayOcyan.

“O fechamento da transação ainda está sujeito a certas condições precedentes, incluindo a atribuição do afretamento do FPSO. Em relação à atribuição do afretamento do FPSO, a Karoon não considera que isso atrasará o fechamento da transação”, disse a Karoon na sexta-feira.

“A Karoon pretende fechar a transação em 30 de outubro de 2020 e manterá o mercado atualizado sobre o progresso”, disse a empresa.

O campo de Baúna, pelo qual a Karoon pagará até US $ 665 milhões, iniciou suas operações em fevereiro de 2013. Sua produção em julho de 2020 era de cerca de 16.000 barris de petróleo por dia.

Acesse na íntegra o comunicado da australiana de petróleo e gás Karoon Energy clicando aqui

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.