Investimentos de R$ 150 bilhões e geração de novos empregos são previstos no estado do Rio de Janeiro nos próximos anos

Roberta Souza
por
-
27-04-2021 18:34:18
em Economia, Negócios e Política
Rio de Janeiro - empregos - investimento Porto do Açu/ Fonte: NF Notícias

Até 2022, o estado do Rio de Janeiro projeta receber investimentos e aportes que podem gerar novos empregos

Em uma audiência pública realizada no último dia 22 (quinta-feira), foi anunciado que o estado do Rio de Janeiro pode receber investimentos de R$ 150 bilhões até o ano que vem, visando melhorar o desenvolvimento e gerar novos empregos. Tal projeção foi feita pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais durante a audiência realizada pela Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais da Alerj – Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Aportes e investimentos no estado do Rio de Janeiro e geração de novos empregos

As concessões de vias e parceria público-privada serão em grande maioria para a realização dos investimentos no Rio de Janeiro. Leandro Soares, secretário da pasta, disse que pela primeira vez o estado do Rio de Janeiro terá um Plano de Desenvolvimento Econômico, ele ainda ressaltou que o ambiente regulatório do estado é muito complexo, porém não podem agir com muita pressão para não causar uma insegurança jurídica nos possíveis interessados em investir no Rio de Janeiro.

O Porto do Açu, que fica localizado em São João da Barra, será um dos possíveis destinos desses investimentos vindos de concessões ou parceria público-privada; o local pode receber cerca de R$ 12,5 bilhões e gerar novas oportunidades de empregos no estado do Rio de Janeiro.

Leandro ainda disse que esses aportes no Rio de Janeiro podem ser destinados a indústrias novas, como a indústria 4.0 – que engloba algumas tecnologias para automação e troca de dados. O secretário ressaltou que inicialmente os investimentos no Rio de Janeiro serão destinados à construção civil – segundo ele um setor que gera muitos empregos. Soares conclui dizendo que é projetado que 50 mil empregos sejam gerados e R$ 150 bilhões sejam investidos até 2022.

Investimentos e a estratégia de crescimento econômico e social

Luiz Paulo, atual presidente da Comissão de Tributação disse estar satisfeito com os possíveis investimentos no Rio de Janeiro e disse que é bom que o estado tenha uma estratégia para crescer. Luiz ainda parabeniza o secretário Leandro Soares, dizendo que em tão pouco tempo de gestão, um plano de investimentos e de geração de empregos foi feito.

André Ceciliano, deputado (PT) e presidente da Alerj, disse que pensar nos possíveis investimentos e empregos no estado do Rio de Janeiro pós pandemia da covid-19 é muito importante. Juntamente com as universidades e instituições de pesquisas, a indústria 4.0 no Rio de Janeiro pode melhorar muito, diz André, e com isso cerca de R$ 2 bilhões serão destinados para os projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D).

Projeção de aportes e empregos

Na pasta de investimentos, está incluso o Promar – Programa de Revitalização e Incentivo à Produção de Campos Marítimos, que tem como objetivo revitalizar os campos de petróleo maduro, principalmente na Bacia de Campos; Leandro Soares diz que com o andamento do programa, a cidade de Macaé, no Rio de Janeiro, pode gerar mais empregos.

O secretário ainda disse que há certos locais do estado em que as indústrias têm que ser instaladas, para que possam levar um grande desenvolvimento econômico e gerar empregos para o local. Ele disse que cerca de R$ 1,7 bilhão serão destinados para concessão de rodovias e uma das vias que está para ser concedida está a RJ-244, que liga a cidade de Campos de Goytacazes a São João da Barra. 

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos