Hidrelétrica de Belo Monte inaugura décima quarta turbina e se torna a maior usina totalmente brasileira

Belo Monte

Conclusão do complexo hidrelétrico de Belo Monte, segundo a Eletrobras, deve ficar para dezembro. Restam quatro turbinas a serem comissionadas.

A usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, ao inaugurar hoje (17/07), sua décima quarta unidade geradora, entra em fase histórica, pois passa a ser a usina de maior capacidade instalada do país.
A solenidade contará com a presença do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior, e do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Com a décima quarta turbina, a capacidade da usina de Belo Monte, passa a ser de 8,788 mil megawatts (MW) e supera a hidrelétrica de Tucuruí (8,370 mil MW) e se tornando a maior hidrelétrica 100% brasileira.
Vale lembrar que a usina de Itaipu, que em maio deste ano fez aniversário de 35 anos, tem 14 mil MW, mas pertence ao Brasil e ao Paraguai, com cada país possuindo 50% de participação no projeto.

Segundo declaração do presidente da Eletrobras, a conclusão da usina de Belo Monte deve acontecer até dezembro deste ano, quando devem acontecer o comissionamento da décima-oitava e última turbina.
O executivo completou afirmando que a décima-quinta máquina de Belo Monte já está em processo de comissionamento e que assim só faltarão três turbinas para entrar em operação.

A operadora

O empreendimento de Belo Monte, no Pará, está sendo construído e operado pelo grupo Norte Energia, no qual a Eletrobras detém 49,98% de participação.
A Norte Energia, uma empresa de sociedade anônima de capital fechado, é composta por Empresas de diferentes segmentos de atuação e por fundos de previdência complementar.

Constituída sob a forma de Sociedade de Propósito Específico (SPE), a Companhia venceu o leilão de concessão em 20 abril de 2010. O prazo de gerenciamento da Usina pela Norte Energia, definido no contrato de concessão, é de 35 anos.

Leia também ! A Enauta (Ex-Queiroz Galvão) vai contratar um FPSO de 50 mil barris por dia para o campo de Atlanta !

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)