Início Governo do Japão abre inscrições para brasileiros participarem de programa de bolsas de estudos com tudo pago no país

Governo do Japão abre inscrições para brasileiros participarem de programa de bolsas de estudos com tudo pago no país

18 de maio de 2022 às 11:51
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Governo - Japão - Governo do Japão - bolsa de estudo - bolsas de estudo
Estude de graça no Japão – Imagem: Central Japonesa/Reprodução

O Governo do Japão está com inscrições abertas para bolsas de estudos. Brasileiros podem se inscrever e ter a chance de estudar fora do país em cursos de mestrado, doutorado, graduação e muito mais.

O Governo Japonês anunciou na segunda-feira (16), que está com inscrições abertas para os programas de bolsas de estudos para o próximo ano do Ministério da Cultura, dos Esportes, da Educação, da Ciência e Tecnologia do país. Aqueles que forem selecionados para os programas terão a chance de estudar em universidades do país asiático como alunos de graduação, em curso profissionalizante ou escola técnica, ou, ainda, serem aprovados como alunos de pesquisa, podendo conduzir um projeto de doutorado ou mestrado no Japão.

Todos os detalhes sobre as bolsas de estudo oferecidas pelo Governo do Japão

Estude no Japão! Conheça as bolsas de estudo do governo japonês (MEXT)

As bolsas de estudo oferecidas são integrais e incluem o pagamento de passagem aérea, ajuda no custo mensal e também na isenção de taxas escolares. O programa também disponibilizará um curso de língua japonesa durante o primeiro ano.

Artigos recomendados

Aqueles que residem no Distrito Federal, Tocantins e em Goiás, devem entregar suas inscrições para a embaixada do Japão, de forma presencial ou pelos correios. Aqueles que residirem em outras localidades devem procurar o consulado do Japão na região.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Neste mês, estão abertas as inscrições para o programa de pós-graduação. O início dos estudos no país está previsto para abril do próximo  ano e terá duração de dois anos. Os candidatos devem cumprir alguns requisitos exigidos pelo Governo do Japão como escolaridade, idade máxima de 34 anos em abril do próximo ano e proficiência em língua japonesa ou inglesa.

O processo seletivo é composto por uma análise documental, entrevista e provas escritas. Em uma fase posterior, será necessário enviar a documentação para o Governo do país, para que seja feita uma análise pelo ministério japonês. No caso das bolsas de estudo de graduação, curso profissionalizante e escola técnica, serão aceitos pessoas com ensino médio concluído até março do próximo ano e com até 24 anos de idade em abril de 2023. As inscrições poderão ser feitas  no dia 1º de junho e terão fim no dia 24 do mesmo mês.

Entenda melhor cada bolsa de estudo disponibilizada

A Pós-graduação é uma bolsa para a realização de pesquisas em universidades do Japão que oferece àqueles que forem aprovados no exame de admissão a chance de cursar mestrado ou doutorado no país. 

A Graduação é uma bolsa para cursar graduação em uma universidade do país que terá duração de 5 anos, que inclui curso preparatório em língua japonesa e outras disciplinas, durante o primeiro ano.

Escola técnica é uma bolsa que tem duração de 4 anos e inclui, também, curso preparatório de língua japonesa e outras disciplinas, durante o primeiro ano. Já os cursos profissionalizantes terão duração de 3 anos e consistem em um curso preparatório na língua japonesa e outras disciplinas durante o primeiro ano, e no curso nos anos restantes.

Para esclarecimento de dúvidas e inscrições basta acessar o site oficial da Embaixada do Japão no Brasil.

Por estudar no exterior?

Morar fora do país para estudos é um passo essencial para que um futuro de sucesso seja construído. Um dos grandes benefícios para aqueles que fazem cursos no exterior é poder melhorar o currículo.

Independentemente do curso desejado, estudar fora do país pode ser um grande diferencial para se ter a vaga desejada no mercado. Além disso, um dos itens mais exigidos pelo mercado de trabalho tem sido o domínio de uma outra língua. Sendo assim, estudar fora e aprender outra língua pode contribuir com esse requisito. São diversos outros benefícios como desenvolver novos interesses, ter contato com outras culturas, receber uma educação de qualidade maior, estabelecer bons contatos, entre vários outros.

Relacionados
Mais recentes