Início Gigantes Ocyan e Altera fazem acordo com 3R Petroleum para operar duas plataformas de petróleo no Brasil e vão gerar até 250 vagas offshore e onshore de empregos na Bacia de Campos

Gigantes Ocyan e Altera fazem acordo com 3R Petroleum para operar duas plataformas de petróleo no Brasil e vão gerar até 250 vagas offshore e onshore de empregos na Bacia de Campos

23 de junho de 2022 às 01:13
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Ocyan Altera vagas offshore onshore emprego Bacia de Santos Petróleo 3R Petroleum Brasil plataformas
Duração do contrato entre Ocyan, Altera e 3R Petroleum é de 5 anos | Foto: Altera & Ocyan

Acordo inédito com a 3R Petroleum será para manutenção e operação das plataformas P-61 e FPSO P-63 no campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos

As gigantes Altera Infrastructure e Ocyan fizeram um consórcio (joint-venture) para começar a operar duas importantes plataformas de petróleo no Projeto Papa-Terra, localizado ao sul da Bacia de Santos, no Brasil. O contrato foi assinado com a 3R Petroleum, uma das maiores empresas privadas de petróleo no país, e vai gerar diversas vagas offshore e onshore de emprego.

O contrato abrange a manutenção e operação das plataformas P-61 e FPSO P-63 pela joint-venture com validade de 5 anos, podendo ser prorrogado por mais 5, se necessário. É um acordo histórico, pois é a primeira vez que as empresas vão assumir a operação de ativos de outra empresa, mas sem propriedade. Entenda melhor essa negociação na matéria de hoje.

Artigos recomendados

Entenda um pouco mais sobre a rotina em uma plataforma de petróleo convencional no vídeo abaixo

A segurança deve sempre estar em primeiro lugar devido aos riscos oferecidos pelo trabalho com petróleo | Reprodução — YouTube: Manual do Mundo

Contrato entre empresas prevê a criação de 250 novas vagas offshore e onshore nos próximos anos no ramo do petróleo

Esse contrato inédito não é só benéfico para as empresas, que visam ampliar seus horizontes, mas também para a população brasileira. Afinal, com essa nova operação, serão abertas em torno de 250 novas vagas offshore e onshore.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

As contratações devem iniciar em breve, após a formalização final do contrato celebrado entre as empresas do ramo do petróleo. É um salto e tanto para a economia do Brasil e para o aumento de vagas offshore em território nacional.

3R Petroleum tem participação no Campo Papa-Terra negociada com a Petrobras e concedida pela BC-20 em 2021

A participação da 3R Petroleum no campo Papa-Terra foi negociada e concedido pela Petrobras, por meio da BC-20 em 2021. O investimento foi de US$ 105,6 milhões e a empresa comemorou essa nova etapa. A localização do campo está em uma lâmina d’água de 1.200 metros.

“Ao realocar estrategicamente nossos investimentos, abrimos oportunidades para a diversificação na indústria de óleo e gás com novos investidores e trazendo resultados positivos para as empresas, para a indústria e sobretudo para a sociedade”

Fernando Borges, diretor de Exploração & Produção da Petrobras em declaração após negociações (2021)

As partes concedidas à 3R Petroleum começaram a ser operadas em 2013 por meio de duas plataformas — P-61 e P-63 FPSO, onde toda a produção é processada e geraram vagas offshore. No total, a 3R Petroleum ficou responsável por uma parcela de 62,5% do campo Papa-Terra. A Petrobras estima que a produção total do campo chegue a 1,98 bilhão de barris de óleo equivalente, ou seja, de petróleo e gás somados.

“O surgimento e o fortalecimento de outros players fomentam o desenvolvimento da indústria de óleo e gás, além do estímulo nas economias regional e nacional por meio de diversos canais: impostos, investimentos, geração de emprego e renda, bem como o aquecimento e consolidação da cadeia de suprimento”

Ricardo Savini, CEO da 3R Petroleum na época das negociações em 2021

Plataforma FPSO P-63 possui capacidade de produzir 140 mil barris de petróleo por dia e milhões de metros cúbicos de gás natural

Ao longo dos anos de operação a partir de 2013, a Petrobras verificou que a plataforma FPSO P-63 tem grande capacidade de produção diária, chegando a 140 mil barris por dia e 1 milhão de metros cúbicos de gás natural, e geração de muitas vagas offshore. Além disso, a plataforma consegue injetar 340 mil barris por dia de água.

Plataforma de petróleo P-61 é diferenciada, sendo a única Tension Leg Wellhead Platform (TLWP) – Flutuante Quase Fixa no Brasil com vagas offshore

A plataforma P-61 também merece destaque porque é a única do Brasil do tipo Flutuante Quase Fixa e começou sua produção em 2015. Devido aos poços com complementação seca, as válvulas ficam na plataforma e requerem maior tecnologia.

Sendo assim, ambas as plataformas de petróleo despertam interesse para operação por parte das empresas e por parte da população, por meio das vagas offshore e onshore que serão oferecidas.

Relacionados
Mais recentes