General Motors planeja tomar lugar da Tesla e se tornar a maior fabricante de carros elétricos do mundo

Valdemar Medeiros
por
-
08-10-2021 14:52:22
em Automotivo
GM - General Motors - carros elétricos - Tesla - elon musk A General Motors (GM), anunciou um investimento de R$175 bi no desenvolvimento de carros elétricos autônomos – créditos: Blocktrends

Entenda como a fabricante General Motors planeja ultrapassar Tesla e pegar a coroa de maior produtora de carros elétricos do mundo

A General Motors planeja desbancar a Tesla e se tornar líder mundial na produção e venda de carros elétricos, além de dobrar sua receita anual até 2030 com uma série de novos veículos elétricos, carros e caminhões movidos a gás e serviços como um sistema de direção eletrônico que pode lidar com a maioria das dificuldades da estrada, conforme o mundo evolui de motores a combustão para pequenas células de baterias.  

Leia também  

Novos carros elétricos da GM prometem autonomia surpreendente e preços que cabem no bolso dos consumidores  

A General Motors também divulgou os seus próximos carros elétricos, incluindo um pequeno SUV Chevrolet que custará cerca de U$ 30.000, bem como caminhões elétricos da Chevrolet e GMC, SUVs da Buick e veículos de luxo da Cadillac.   

Uma caminhonete Chevrolet Silverado elétrica que pode percorrer 640 quilômetros, por carga, será apresentada na feira de gadgets da CES em janeiro do ano que vem. Uma picape elétrica GMC virá em seguida.  

GM pretende se tornar líder do mercado automotivo e ultrapassar a Tesla  

Para conseguir a liderança do mercado de carros elétricos nos Estados Unidos, a GM planeja gastar U$ 35 bilhões para lançar mais de 30 novos veículos a bateria em todo o mundo até 2025.  

A empresa estabeleceu uma meta de vender apenas veículos elétricos até 2035. A GM tem como objetivo ultrapassar a Tesla, que no fim de semana registrou vendas recordes no terceiro trimestre, cerca de 241.300 carros elétricos, um aumento de 72% em relação ao ano anterior.  

A General Motors não disse quando assumiria a liderança, mas Barra (diretora da marca) disse que a GM teria um forte portfólio de veículos elétricos acessíveis, bem como uma infraestrutura de carregamento confiável, em breve.     

“É por isso que acreditamos que vamos atrair cada vez mais clientes”, disse Barra. “Há muitas coisas que temos que lançar que quando pisarmos no pedal do acelerador, podemos realmente nos mover de maneira lucrativa e ultrapassar uma das nossas principais concorrentes”, disse ela. O líder mundial do mercado de carros elétricos, Tesla, teve que gastar bilhões para construir novas e enormes fábricas de montagem do zero perto de Austin, Texas, na Alemanha e China.

A vantagem competitiva da Tesla

A vantagem competitiva inicial da Tesla em veículos elétricos é agravada pela enorme diferença entre o valor das duas empresas. Em U$ 600 bilhões, a capitalização de mercado da Tesla é agora 10 vezes maior que a da GM, o que lhe dá uma vantagem na obtenção de capital.

Além disso, como uma empresa pura de carros elétricos, a Tesla está livre de conflitos que podem prejudicar a GM. Todas as suas despesas de capital vão para veículos elétricos e pode ter uma vantagem de atrair novos talentos de engenharia. Analistas dizem que é improvável que a General Motors concretize a ambição de vencer a Tesla nesta década. A empresa tem “um longo caminho a percorrer”, se quiser ultrapassar a Tesla no mercado norte-americano de veículos elétricos.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe