General Motors começa vender Wuling Nano EV, o irmão premium do carro elétrico mais barato do mundo, que conseguiu tirar o Tesla Model 3 da primeira posição no ranking de vendas e fazer a montadora americana Tesla tremer

Flavia Marinho
por
-
27-11-2021 08:45:12
em Indústria e Construção Civil
General Motors - Volkswagen - fusca - kombi - carros elétricos - preço - NanoEV - china - GM - Ford - Tesla NanoEV GM – General Motors – o carro elétrico mais barato do mundo / Imagem Google

General Motors fez o carro certo, pelo preço certo, com alcance suficiente, no lugar certo, na hora certa. O minúsculo elétrico custa dez vezes menos que o modelo americano e faz Tesla tremer

Após sucesso absoluto em suas mãos, com o Mini EV, que se tornou o carro elétrico mais vendido na China, devido, majoritariamente, ao preço inicial de cerca de US$ 4.500, a joint venture Saic-GM, que fabrica e vende automóveis das marcas Chevrolet, Buick e Cadillac na China Continental, teve a ideia de aproveitar esse sucesso para bombar as vendas de um carro ainda mais barato, o Wuling NanoEV, que deverá custar o equivalente a 3100 dólares, ou R$ 17.000 ao câmbio atual. O minúsculo veículo foi uma aposta ousada da General Motors para um nicho de mercado estranho, em que coisas que copiam a identidade de produtos famosos ganham notoriedade pela clonagem explícita, como é o caso recém anunciado pelo Click Petróleo e Gás, em que uma montadora chinesa clonou a icônica Kombi da Volkswagen, logo após fabricar descaradamente uma cópia elétrica do Fusca.

Leia também

Apesar de se tratar de um carro elétrico cuja comercialização se limita ao mercado chinês, dados os números que pretende colher e com base na importância deste mercado a nível mundial, cabe destacar que o carro elétrico mais barato do mundo, desenvolvido pela General Motors está obtendo sucesso sem precedentes.

Confira baixo o carro elétrico mais barato do mundo!

Como o Hong Guang, o novo Nano EV é um carro elétrico extremamente compacto. Mede 2.497 milímetros de comprimento, 1.526 milímetros de largura e 1.616 milímetros de altura, com uma distância entre eixos de 1.600 milímetros. Com essas dimensões externas e sua distância entre eixos reduzida, seu raio de viragem é limitado a 3,8 metros, o que é ideal para entrar e sair em espaços apertados.

É justamente esse segmento, o de micro carros elétricos, que está dando à China uma fatia de mercado tão generosa em termos de carros elétricos. Além do NANO EV da Wuling e do Hong Guang, o Chery QQ Ice Cream também foi lançado recentemente .

O aspecto técnico é marcado pela potência do seu motor elétrico, que gera 24 kW de potência máxima (sem falar na nominal) e uns notáveis 85 Nm de torque máximo. General Motors também não especifica a capacidade exata de sua bateria, mas com uma carga completa no antigo ciclo NEDC, eles dizem que atinge uma autonomia de até 3,05 quilômetros. No que diz respeito ao carregamento, está disponível uma opção de carregador “rápido” através do qual pode repor a energia assumindo até 6,6 kW de potência, o que significa que pode ser totalmente carregado em 4,5 horas .

General Motors informa que mais de 40% do corpo do Nano EV é feito de aço de alta resistência e aço moldado a quente

Em conformidade com seu irmão de gama mais econômica, para melhorar a segurança, de acordo com a General Motors mais de 40% do corpo do Nano EV é feito de aço de alta resistência e aço moldado a quente . Ele também possui controle eletrônico de estabilidade, distribuição eletrônica de força de frenagem, controle auxiliar de partida em subida, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e radar reverso.

No entanto, e sendo este um dos pontos fracos de acordo com Hong Guang, o NANO EV tem apenas alguns lugares , e por isso a empresa o define como “um veículo elétrico de dois lugares com um design prático ‘Livre’. Two Go ‘que é feito sob medida para as necessidades da geração jovem e independente de hoje e casais que gostam da diversão de se mudar. “

Com o início de sua comercialização, a Wuling também anunciou os preços finais desse peculiar carro elétrico. Haverá três versões disponíveis que dependerão principalmente do acabamento, e seu preço variará entre 49.800 e 59.800 yuanes chineses, o que com base na mudança atual se traduz em uma faixa entre 6.930 e 8.320 euros . Pelo preço máximo, quase que, o elétrico Dacia Spring é comercializado em Espanha , embora para isso tenha que optar pelo Plano Moves III e entregar um carro com mais de sete anos em troca do seu sucateamento.

O Mini EV faz tanto sucesso na China que a General Motors quer comercializá-lo na Europa

Com a Shanghai-GM por trás, o Mini EV significa que não é um clone sem qualidade, feito por uma montadora rústica do interior da China, mas sim um player pronto até para ir além das fronteiras do país.

A ambição da divisão chinesa é atingir 1,2 milhão de unidades vendidas em 2022! Isso é quase como todas as montadoras de elétricos do país em 2020.

Indo nesse caminho, o Mini EV é um sério candidato a carro elétrico mais vendido do mundo, que custa dez vezes menos que o modelo americano, o que faz Tesla tremer.

Montadora chinesa clona a icônica Kombi da Volkswagen, logo após fabricar descaradamente uma cópia elétrica do Fusca

A indústria chinesa ainda não abandonou alguns velhos hábitos, e a multinacional Volkswagen não ficou nem um pouco lisonjeada com a fabricante de carros elétricos ORA, que faz parte do grupo Great Wall Motors. A marca apresentou recentemente um clone do Fusca no Salão do Automóvel de Xangai. Nomeado de ORA Punk Cat, o veículo tem os mesmos traços do icônico carro da montadora VW. Como se não bastasse, outra montadora chinesa, a SongSang Motors, fez o clone da icônica Kombi, será que vai dar “pano para manga”?

A montadora chinesa lançou um novo modelo inspirado em um já existente. Neste caso é a SongSang Motors que apresentou o SS Summer, uma van com design retrô claramente baseado na Volkswagen Kombi ou Tipo 2, conforme pode ser visto abaixo.

Publicidade




Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.