FUPF investe R$ 1,3 milhão para a construção de três usinas solares com capacidade de geração de 400 mil KWh

Valdemar Medeiros
por
-
08-12-2021 12:25:32
em Energia Renovável, Energia Solar
FUPF - investimento - energia solar - usina solar - usinas solares Instituição trabalha intensamente na implementação de práticas sustentáveis – foto:Pixabay/Julian




A FUPF está aplicando um investimento milionário em 03 novas usinas solares para reduzir as emissões de CO2. Com a energia solar e outras fontes, a fundação já reduziu mais de 680 toneladas desde 2018

Com o intuito de reforçar o compromisso com a sustentabilidade, a Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF) está realizando investimentos em três novas usinas solares em sua infraestrutura. Com capacidade de gerar 400 mil kWh de potência por ano, as usinas de energia solar contarão com 682 módulos fotovoltaicos e irão suprir 100% da demanda das unidades que as receberão. De acordo com Rangel Casanova Daneli, engenheiro responsável pelas infraestruturas da UPF, a energia gerada nestas usinas serão capazes de alimentar cerca de 150 casas com um consumo de até 200 kWh por mês. O retorno do investimento de R$ 1,3 milhões, poderá vir em apenas cinco anos e a economia gerada será de R$ 11 milhões durante os 25 anos de vida útil estimados para equipamentos de energia solar.

Leia também

Investimentos em sustentabilidade da FUPF geram empregos e renda a região

O investimento reforça o comprometimento ambiental da FUPF e anda rumo à Política de Responsabilidade Social e do Plano de Desenvolvimento Institucional. De acordo com Dr. Antônio Thomé, vice-reitor administrativo, a FUPF vem atuando há vários anos com práticas sustentáveis, então o investimento em energia solar é de suma importância, tendo em vista que é um empreendimento de baixo custo, isto é, com a economia no consumo, a FUPF consegue pagar o investimento e a significância é muito grande, pois as usinas solares geram energia limpa não poluente.

As usinas solares também fazem parte dos três pilares da sustentabilidade. Daneli explica que os pilares são: o econômico, através do redirecionamento e otimização de recursos, o social por meio de todos os benefícios que impactam na sociedade regional e local e o ambiental, com a redução de 400 toneladas de CO2 anuais na atmosfera.

FUPF reduziu mais de 680 toneladas nos últimos anos

A instalação dos novos painéis de energia solar serão finalizados até este mês de dezembro no Campus I, Campus II e no Centro de Extensão e Pesquisa Agropecuária.

O presidente da FUPF, Luiz Fernando Kramer Pereira Neto, relembra que, desde 2018, a instituição utiliza somente energia de fontes limpas, totalmente renovável e que não impacta no meio ambiente. O projeto de aquisição via Ambiente Livre de Energia, aliado ao parque de energia solar da instituição já reduziram mais de 683,411 toneladas de CO2, sendo 216 mil só no último ano.

Certificado de Energia Renovável 2021

A FUPF foi reconhecida pelo seu trabalho para a redução de emissão de CO2 e recebeu o Certificado de Energia Renovável da Ludfor Energia Ltda este ano. O presidente da instituição afirma que neste caminho a fundação tem estado cada vez mais comprometida com a ideia de manter cada vez mais, a energia sendo produzida por diversas fontes limpas.

A eletricidade consumida pela instituição vem de fontes incentivadas pelo governo como a energia solar, eólica, hidrelétrica e biomassa com a missão de conseguir uma matriz energética sustentável e limpa.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.