Funcionário da KM no COMPERJ contraiu coronavírus, diz fontes em Itaboraí


Comperj Itaboraí funcionários coronavírus covid-19

Informações que chegaram a equipe do CPG do COMPERJ, apontam que um funcionário foi confirmado com o Covid-19, os colaboradoras da mesma equipe foram levados urgentemente para o ambulatório

O Drama do coronavírus ou Covid-19 chegou no COMPERJ nesta segunda-feira(23), segundo relatos diretos de algumas pessoas que atuam no empreendimento a equipe do Click Petróleo e Gás. Havíamos relatado no dia 19 a preocupação de operários da Itaboraí a respeito das medidas de proteção por parte das empresas na obra, saiba mais aqui depois.

Outros Artigos Importantes

Segundo informado, uma colaborador da equipe de eletro centro da empresa Kerui Método  deu entrada na ambulatório. Tão logo confirmado, os outros funcionários que tiverem contato próximo ou são da mesma equipe de trabalho do foram encaminhados para exames também.

Infelizmente, um mal estar de instalou entre os operários do Comperj e o medo de infecção se justifica agora onde outrora era apenas especulação. O prefeito de Itaboraí já havia ordenado o fechamento de todas as entradas e saídas da cidade, a não ser para serviços essenciais, medida parecida com a cidade do petróleo Macaé.

Há um carro da Polícia Federal na portaria do Comperj e que um juiz do trabalho também se encontra no local para tomar as medidas legais cabíveis, talvez até mesmo a paralisação total de toda e qualquer atividade por lá. Vide imagens logo abaixo:


Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.

Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.