Início Eternit consegue autorização de patente fotovoltaica para iniciar seu projeto de produção de energia limpa, por meio de telhas solares de concreto

Eternit consegue autorização de patente fotovoltaica para iniciar seu projeto de produção de energia limpa, por meio de telhas solares de concreto

28 de julho de 2022 às 10:36
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Projeto, fotovoltaica, energia
Foto: reprodução www.tegulasolar.com.br

A empresa Eternit está focando no seu projeto que visa desenvolver energia limpa por meio de telhas fotovoltaicas de concreto

A Eternit conseguiu a concessão da patente verde, para iniciar seu projeto de produção de energia solar, através da incorporação de células fotovoltaicas e encapsuladas na superfície das suas telhas de concreto, de acordo com comunicado da companhia, nesta segunda-feira, 25.

A empresa promoveu uma reestruturação nas suas linhas de negócio em 2017 e, com isso, a Eternit que se encontra nas etapas finais de um processo de recuperação judicial, abriu mão do amianto para focar em novos projetos, sendo um deles o desenvolvimento de energia limpa através de telhas de concreto solar, produzidas pela sua subsidiária Tégula Solar.

Artigos recomendados

No final de agosto do ano passado, a Eternit iniciou a comercialização de suas telhas fotovoltaicas para produção de energia limpa, feitas de concreto BIG-F10, e também começou o projeto de comercialização das telhas para seus consumidores exclusivos de Atibaia, São Paulo, onde se encontra uma fábrica da Tégula.

Telhas de concreto fotovoltaicas para produção de energia limpa possuem diversos atrativos

A telha Tégula de energia solar, validada e registrada pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) desde o ano de 2019, possui medidas de 36,5 cm por 47,5 cm e é feita de concreto, tendo a incorporação de células fotovoltaicas em sua superfície.

As telhas que produzem energia solar possuem uma potência de 9,16 watts, representando uma capacidade mensal média de produção de 1,15 Kwh. As telhas possuem uma vida útil estimada em 20 anos.

De acordo com a Eternit, dentre os atrativos das telhas de concreto solares está a facilidade de instalação, não interfere na arquitetura das construções, possui peso e estrutura semelhantes às de telhas comuns.

No final do ano de 2021, a telha fotovoltaica feita q partir do fibrocimento, F-140, da Eternit foi homologada pelo Inmetro. Com essa homologação, a Eternit concluiu a etapa final do projeto de registro das telhas.

Primeira telha que capta energia solar foi desenvolvida no Brasil, em 2021

No ano de 2021, foram desenvolvidas e comercializadas as primeiras telhas de energia solar do Brasil, feitas pela Eternit, que desenvolveu a linha Tégula Solar, e que produz telhas feitas de concreto com células fotovoltaicas incorporadas na superfície.

Na época, de acordo com Luiz Antonio Lopes, titular da área de Desenvolvimento de Novos Negócios da Eternit, em média, se cobrirmos cerca de 30% a 40% do telhado do projeto de construção com a telha solar desenvolvida pela Eternit, as telhas serão capazes de fornecer energia suficiente para a casa. “Basta ter luz solar”, conclui.

“As telhas são um produto de fácil instalação e que não interfere na arquitetura das construções, com peso e estrutura semelhantes ao das telhas convencionais, mas que agrega valor ao telhado, além de oferecer proteção, conforto térmico e acústico”, declara. Também, dependendo da cor escolhida para o concreto e o projeto de construção escolhido, as placas fotovoltaicas ficam “camufladas” na superfície da telha, acompanhando o design da edificação.

Sobre a Tégula e a Eternit

A Tégula, empresa que faz parte do Grupo Eternit, é a maior e a mais conceituada fabricante de projetos de telhas de concreto do Brasil. Seus mais de 45 anos de experiência a permitem oferecer 20 anos de garantia nos seus produtos e também possuir o título delíder nacional do setor.

Como dito anteriormente, a Tégula é parte do Grupo Eternit, o qual agrega a expertise de outras empresas da construção civil e é referência nos projetos de louças, metais sanitários e soluções construtivas.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes