Início Energia eólica: Statkraft aposta no mercado livre de energia para continuar crescendo no Brasil

Energia eólica: Statkraft aposta no mercado livre de energia para continuar crescendo no Brasil

8 de dezembro de 2021 às 21:58
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Energia eólica Statkraft

A Norueguesa Statkraft está otimista com o mercado livre de energia para 2022 e vem expandindo seus investimentos em energia eólica.

A Statkraft, empresa Norueguesa líder de geração de energia eólica e outras matrizes renováveis na Europa, continua otimista com a retomada da economia brasileira e enxerga o Brasil como parte fundamental de sua estratégia de crescimento nas Américas.

” A Statkraft tem dado uma contribuição decisiva ao país, investindo em novos projetos de geração e provendo liquidez com segurança aos seus clientes do Mercado Livre”, destaca Paulo Becker, presidente de comercialização da Statkraft do Brasil.

Juntamente com a geração de energia eólica, hidrelétrica e outras ao redor do mundo, Statkraft trabalha intensamente para aumento do mercado livre de venda de energia para clientes comerciais, industriais ou ainda para outras empresas de geração de energia, que podem utilizar com a empresa como geradora de emergência para as possíveis faltas de energia dentro das redes, que ainda são uma ameaça para 2022.

Statkraft investe pesadamente na energia eólica e solar no Brasil

Seguindo as tendências mundiais e de acordo com o que foi acordado na COP 10, a Statkraft  vem expandindo cada vez mais a sua geração de energia renovável no Brasil.

A geração de energia eólica por parte da empresa será protagonista dos planos de expansão dos negócios dela no Brasil, de acordo com o plano divulgado no próprio site da empresa.

A estratégia utilizada para este crescimento, que visa triplicar a geração de energia renovável até 2025 no Brasil, envolve o misto de fusões e aquisições com o desenvolvimento de plantas próprias para o fortalecimento da empresa.

Energia eólca Statkraft
A energia eólica vem trazendo resultados posítivos para a Norueguesa no Brasil, apesar de ganhar expertise da empresa, e o aspecto mundial seja hidrelétrica

Em paralelo, o departamento de comercialização vem aumentando seus esforços para gerar negócios cada vez mais interessantes no país. No seu último relatório aos investidores, a empresa calculou um total de R$187.875,000 de lucro líquido, sendo que desse resultado, R$126 milhões foram gerados apenas no terceiro trimestre do ano de 2021.

Encontro anual do Mercado Livre de energia E as novas tendências para 2022

Este evento, que ocorreu no final de novembro na Bahia, reuniu comercializadoras, geradoras e associações do setor, que são linhas de comunicação entre as empresas e os órgãos reguladores do mercado, contou com a participação da Statkraft

Esse evento abriu novas possibilidades de interação com empresas parceiras, uma visão mais clara de como as regulações podem afetar o mercado em 2022 e quais são as novidades para o mercado livre de venda de energia.

Como funciona o mercado livre de energia ? Como fazer parte?

O mercado livre de energia é uma forma para que empresas e indústrias não precisem depender apenas da distribuidora de energia que tem a concessão da região onde a empresa atua. Geralmente os contratos passam a ser oferecidos à partir de 500 KW, o que geralmente faz com que esse mercado seja relativamente disputado em alguns sentidos.

O Mercado livre de energia tem uma série de regras e procedimentos, que são arbitradas pela CCEE (Câmara de Comercialização de energia elétrica).

Existe, dentro desse mercado, dois tipos de energia sendo negociados, que são:

Energia incentivada: São energias renováveis, como a energia eólica, que trazem uma série de descontos para a conta de luz, porque as taxas de uso da rede tem desconto de até 80%, dependendo da situação. 

Energia tradicional: energia de outras fontes que não oferecem o mesmo desconto.

energia éloica Statkraft
Entendendo o mercado livre de energia de forma ilustrada. Fonte da imagem Togawa engenharia

Acontece que, além desses descontos, a energia do mercado livre é mais interessante para as empresas porque ela tem, como o nome diz, livre concorrência, então as empresas que participam desse mercado estão sempre em busca de vender pelos melhores preços e conquistar novos clientes.

Geralmente, tudo que uma empresa precisa fazer para passar ao mercado livre é ter a faixa de gasto comentada e então entrar em contato com as empresas, que passam a fornecer a eletricidade.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes