Início Empresas do grupo JBS no Brasil, Swift e Seara, aumentam a utilização de energia limpa renovável nas suas operações, após a inauguração de nova usina solar em São Paulo

Empresas do grupo JBS no Brasil, Swift e Seara, aumentam a utilização de energia limpa renovável nas suas operações, após a inauguração de nova usina solar em São Paulo

20 de julho de 2022 às 20:51
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Seara, energia limpa, Swift
Foto: reprodução pixabay.com

De acordo com os dados divulgados pelas empresas, a nova usina de energia limpa, que será utilizada pela Swift e Seara, pertence à Âmbar Energia, do grupo J&F

As empresas Swift e a Seara, pertencentes do grupo JBS no Brasil, estão aumentando o consumo de energia limpa renovável em suas operações, passando a adquirir parte da energia limpa desenvolvida pela Usina Fotovoltaica (UFV) Âmbar Saltinho, em Saltinho, São Paulo, inaugurada na última semana. Ainda de acordo com o comunicado, o empreendimento da usina de energia solar pertence à Âmbar Energia, empresa de soluções em energia do grupo J&F.

A usina de energia solar de Saltinho é formada por quatro usinas de energia limpa, que totalizam 9.408 placas fotovoltaicas. Em conjunto, as usinas alcançam a potência de 5.174 kWp, o que é equivalente à energia consumida por 2,8 mil residências. O sistema de energia limpa que será utilizado pela Seara e Swift vai evitar a emissão de cerca de 12,193 toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, o mesmo que plantar 4 mil novas árvores por mês, afirmou a JBS.

Artigos recomendados

“O consumo de energia limpa nas operações da Swift e da Seara faz parte dos esforços da JBS de se tornar Net Zero em 2040, ou seja, de zerar o balanço líquido de suas emissões e compensar as emissões residuais. Dentro dessa lógica, a Swift tem como objetivo atingir a marca de 100% de suas lojas abastecidas por energia limpa até o ano de 2025”, afirmou em nota.

Já em relação a Seara, a obtenção de energia limpa da usina solar de Saltinho possui como objetivo a redução das suas emissões escopo 3, através do fornecimento de energia limpa e renovável para os seus integrados.

Além da Swift e da Seara, energia limpa produzida pela usina de Saltinho será usada por outras empresas subordinadas

A energia limpa desenvolvida pela usina de Saltinho vai ser consumida também pelos integrados da Swift e Seara, na região das cidades de Amparo e Nuporanga, no interior de São Paulo. A esperança é de trazer mais sustentabilidade e reduzir em 20% a conta de luz das instalações.

A usina de energia limpa renovável de Saltinho foi a primeira inaugurada pela Âmbar e teve investimentos de aproximadamente 23 milhões de reais, no cenário de um plano de geração de energia solar que teve início em 2021.

Sobre a Seara

A Seara é uma empresa brasileira do ramo alimentício que foi fundada em 18 de novembro de 1956 no município de Seara, oeste do estado de Santa Catarina. Inicialmente foi controlada pelo Grupo Marfrig de 2009 a 2013 e foi comprada logo em seguida pela JBS por R$ 5.5 bilhões em 2013.

A empresa foi uma das patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo FIFA de 2010 e 2014. No âmbito futebolístico a Seara também foi patrocinadora oficial do Santos Futebol Clube e do Criciúma Esporte Clube em 2010 e 2011. A atuação da Seara se juntou também nos patrocínios do Grêmio Esportivo Osasco e da Seleção Brasileira de Futebol.

Sobre a Swift

A Swift tem como objetivo transformar mundialmente a maneira de adquirir e consumir proteínas. A empresa possui controle total da cadeia de suprimentos, indo desde a escolha da matéria prima, passa por um rigoroso controle de temperatura, transporte e lojas, garante um alto nível de segurança do alimento e também preserva todos os nutrientes do alimento.

A Swift produz mais de 400 produtos, incluindo carne bovina para, peixes com selos de sustentabilidade, suínos, ovinos, aves, acompanhamentos, vegetais, sobremesas, temperos para churrasco, entre outros.



Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes