Descomissionamento movimentará bilhões de dólares

descomissionamento vagas negocios
 

II Seminário de Descomissionamento de um Sistema Submarino é debatido no auditório do Sesi, em Macaé.

Um importante ciclo de eventos e debates sobre o tema “ Descomissionamento de Instalações Offshore ” está sendo realizado pela Rede Petro-BC, em parceria com a SPE (Sociedade de Engenheiros de Petróleo- “em português”) Seção Macaé, SEBRAE, Sistema FIRJAN e Associação Comercial e Industrial de Macaé – ACIM, e na última quarta-feira (31), no auditório do Sesi, em Macaé foi realizado o “II Seminário de Descomissionamento de um Sistema Submarino”.

Esse tema: Descomissionamento, é hoje uma atividade da indústria do petróleo de extrema importância para a economia dos combalidos cofres públicos do estado do Rio de Janeiro e por que não dizer de grande impacto para a produção da bacia de Campos. Muitas unidades de produção estão instaladas em importantes campos em fase final de sua vida útil e não possuem viabilidade econômica em relação a programas de manutenção, abrindo chances para a evolução dessa nova modalidade de indústria no Brasil.

Segundo o consultor em O&G e membro da SPE – Seção Macaé, Mauro Destri, um dos maiores estudiosos no assunto no mundo, é no estado do Rio de Janeiro que se aponta para níveis de investimentos e contratação de bens e serviços na ordem de mais de U$1 bilhão de dólares nos próximos anos, evidenciando enormes oportunidades para os setores empresarial e comercial de Macaé e região.

Destri declarou também que: “A ênfase desse segundo seminário foi na atenção que devemos ter para as instalações submarinas, que demandarão um esforço conjunto dos órgãos reguladores e ambientais e das próprias empresas para estabelecer procedimentos adequados à garantia dos processos e das melhores práticas de preservação ambiental”.

Esse segundo seminário teve a participação de palestrantes da Petrobras, sendo representado pelo Gerente de Descomissionamento, Eduardo Zacaron; do Superintendente de Segurança Operacional e Meio Ambiente da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Marcel Mafra e do Professor Marcelo Igor, do COPPE (Programa de Pós-Graduação e Pesquisa) da Universidade Federal do Rio de Janeiro, além de outros representantes de empresas especialistas em instalações submarinas.

O representante da ANP, Marcel Mafra, ressaltou a urgente necessidade de revisão da regulamentação da agência sobre os processos de descomissionamentos, vigentes no país desde 2006, visando uma atualização face as demandas e complexidades atuais. Zacaron apresentou as bacias petrolíferas no Brasil que possuem unidades de produção com mais de 25 anos de operação e, ainda, informou sobre sete projetos da Petrobras de descomissionamento ora em andamento.
Com certeza a indústria do descomissionamento evoluirá muito ainda e demandará muitos profissionais especializados, o que você está fazendo para se qualificar e fazer parte dessa indústria?
Clique aqui e veja mais sobre investimentos que gerarão muitos empregos nos próximos 10 anos.

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior