Construção de novo complexo eólico é iniciada no Rio Grande do Norte. Empreendimento terá capacidade de 138,6 MW

Roberta Souza
por
-
25-08-2021 15:42:57
em Energia Renovável
Complexo eólico – construção – Rio Grande do Norte Parque eólico/ Fonte: G1-Globo

O complexo eólico da 2W Energia ficará localizado nos municípios de Currais Novos e São Vicente, no estado do Rio Grande do Norte

A 2W Energia deu início à construção do Complexo Eólico Anemus. As obras do complexo, que contará com três parques, serão desenvolvidas pela Allonda Engenharia, empresa com foco em soluções sustentáveis. Atualmente, estão em desenvolvimento os trabalhos de engenharia e planejamento, a preparação do canteiro de obras e a contração de pessoal. O empreendimento ficará no estado do Rio Grande do Norte. Veja ainda esta notícia: Omega Energia fecha a compra de 50% de complexo eólico na Bahia, por R$ 422,9 milhões

O complexo eólico Anemus, no Rio Grande do Norte

A empresa informou que o complexo eólico está localizado nos municípios de Currais Novos e São Vicente, no Rio Grande do Norte, e terá uma planta de geração de energia limpa e renovável, com 138,6 MW de capacidade instalada. A energia gerada será destinada, principalmente, aos clientes da divisão de varejo da 2W, composta por pequenas e médias empresas que buscam migração ao mercado livre de energia.

De acordo com a 2W Energia, o complexo Anemus terá 33 aerogeradores com potência nominal de 4,2 MW cada. O diâmetro dos rotores será de 147 metros, e a altura das torres de 125 metros acima do solo. A capacidade de geração dos três parques será o equivalente ao abastecimento de energia de 360 mil residências, evitando a emissão de mais de 260 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano.

Os investimentos para a construção do empreendimento

Para garantir a totalidade dos investimentos do complexo eólico Anemus, a 2W realizou a emissão de R$ 475 milhões em debêntures verdes. A operação, certificada como “Green Bond” ou Título Verde, é um marco para o setor de energia, ao ser viabilizada exclusivamente por um portfólio de contratos de venda de energia para pequenas e médias empresas brasileiras no Ambiente de Contratação Livre de Energia. Com a emissão das debêntures, o parque eólico Anemus completa o equacionamento financeiro dos recursos para sua construção.

O complexo no Rio Grande do Norte ficará em uma área de aproximadamente 3,7 mil hectares e será composto por 3 parques eólicos, com 33 aerogeradores que juntos terão a capacidade instalada de aproximadamente 139 MW. A previsão para início da operação é a partir do primeiro semestre de 2022. Toda a energia gerada por Anemus Wind será comercializada no Ambiente de Contratação Livre (ACL), promovendo a democratização do acesso à energia 100% renovável no Brasil

Confira ainda esta notícia: Construção de complexo eólico na Bahia prevê a contratação de 750 profissionais para execução das obras

A Statkraft Brasil iniciou a construção do complexo eólico Ventos de Santa Eugênia, em Uibaí, no estado da Bahia. Ao final do projeto, com inauguração prevista para 2023, a empresa vai mais que dobrar a capacidade instalada do país para 967 megawatts. Desde o início do projeto, já foram contratados mais de 200 profissionais. Estima-se que aproximadamente 750 pessoas serão empregadas nas obras, em todo o processo de construção. Existem atualmente 15 vagas abertas.

A estratégia de negócios da empresa no Brasil é triplicar sua capacidade de produção de energia renovável até 2025. Com a construção do projeto, a Statkraft reforçou seu compromisso com a sustentabilidade e permitiu que as futuras gerações desfrutassem do crescimento e desenvolvimento da região. Com isso, a empresa ampliará a oferta de energia renovável no Brasil, com o empreendimento do complexo eólico na Bahia, contribuindo para reduzir as emissões de dióxido de carbono do país e o ritmo do aquecimento global, pois o impacto da energia eólica no meio ambiente é menor do que a matriz tradicional.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe