China e a liderança em carros elétricos: país domina a produção de baterias e deve ser líder em exportação em breve

Roberta Souza
por
-
15-12-2021 09:52:45
em Automotivo, Veículos Elétricos
carros elétricos, China Foto: reprodução google.




O futuro dos carros elétricos no Brasil vem da China – o país ocupa o primeiro lugar na produção desses automóveis e deve ser líder em exportação em breve

Atualmente, o carro elétrico mais barato no Brasil custa R$ 160 mil, o JAC e-sJ1, que havia chegado custando R$ 150 mil e já teve reajuste. Para 2022, a presença de carros elétricos no mercado do país deve subir 0,5% em relação a 2021, que deve fechar o ano com 1%. Porém, a maior parte dos carros elétricos no Brasil, em 2022, deve vir da China, nação que lidera a produção de baterias e de veículos elétricos em si.

Veja também:

Por ser líder na produção de baterias, que é o componente mais caro, a China consegue mais opções para reduzir os custos de produção dos carros elétricos. Com a retração econômica causada pela pandemia da Covid-19, os chineses passaram a procurar novos mercados para exportar os carros elétricos que produz – e vão investir no Brasil.

“O Brasil é um dos mercados que eles querem ter maior penetração com os eletrificados, mas eles já estão na dianteira em outros mercados da América Latina como Peru, Chile e México”, disse Paulo Roberto Garbossa, da ADK Automotive.

Garbossa disse ainda sobre a estratégia adotada por algumas fabricantes, a exemplo BYD e JAC, que também deve ser utilizada por marcas que ainda não chegaram ao país. “Chegar no mercado com veículos comerciais elétricos é mais fácil, porque quem compra consegue amortizar o custo em um prazo menor. Com carro de passeio, muitas vezes, o custo x km rodado não vai se pagar nunca”, complementa.

Novos lançamentos de carros elétricos no Brasil

A BYD tem o eT3, carro elétrico utilizado por várias empresas para a utilização nos grandes centros. Contudo, em 2022, a fabricante começará a fornecer carros de passeio e lançará dois 100% elétricos. Enquanto isso, a JAC optou por uma linha completa e tem tido relativo sucesso com os comerciais, como a van iEV750V e o caminhão urbano, o iEV200T.

Somado a esses, outro exemplo é o Volkswagen e-Delivery, um caminhão urbano 100% elétrico, cujo desenvolvido e produção acontecem no país, e está sendo adotado por diversas empresas.

A Caoa Chery, marca chinesa, confirmou pretende oferecer mais carros elétricos no Brasil – hoje, a empresa oferece apenas o Arrizo 5e – e a Great Wall. Segundo Garbossa, “Não há mais a noção de que carro chinês é ruim. No Brasil, a percepção foi alterada com os carros da Caoa Chery, por exemplo”, e esse panorama tende a tornar-se ainda mais forte com a chegada dos novos modelos.

Atualmente, o carro elétrico com menor preço das marcas já estabelecidas no Brasil são os pequenos Peugeot e-208 GT, Fiat 500e e o Mini Cooper SE, que custam cerca de R$ 250 mil.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos