Brookfield compra a maior distribuidora de geradores de energia solar do Brasil

Valdemar Medeiros
por
-
07-08-2021 16:59:00
em Energia Renovável
Brookfield - geradores - energia solar - distribuidora - Aldo solar Brookfield já demonstrava interesse em adentrar o mercado nacional de energia solar com aquisições passadas – Foto: Divulgação/Aldo Solar

Visando o mercado brasileiro desde o ano passado, a Brookfield, comprou a Aldo Solar, uma das maiores distribuidoras de geradores de energia solar do Brasil, que teve um lucro de R$ 1,6 bilhão e visa alcançar o dobro neste ano

A Brookfield, um fundo de private equity, comprou 100% da Aldo Solar, a maior distribuidora de geradores de energia solar do Brasil. Vale ressaltar que o valor da compra não foi revelado. Sediada em Maringá, a Aldo solar faturou só no ano passado, R$ 1,6 bilhão e deve dobrar seu faturamento ainda este ano. Atualmente, o setor de private equity da Brookfield possui R$ 26 bilhões em gestão no Brasil.

Leia também

Brookfield planeja ocupar a melhor posição no atacado do setor solar brasileiro

Aldo Solar é adquirida pela Brookfield Business Partners

Desde que deu início à suas vendas de geradores, a Aldo Solar já vendeu 160 mil unidades, o que é cerca de um terço de todos os geradores de energia solar instalados nos telhados do Brasil. Além da compra da Aldo, a Brookfiled também planeja ocupar uma melhor posição no atacado da energia solar brasileira.

Em 2020, uma matéria do Valor Econômico revelou que a Brookfield pretendia aplicar investimentos de aproximadamente R$ 4 bilhões no setor de energia solar brasileiro.

Até o ano de 2023, a energia solar tem estimativa de alcançar 1,5 mil megawatts de potência e com chances de se igualar a capacidade instalada de outros ativos do fundo canadense com usinas eólicas ou de biomassa.

CEO da Aldo Solar se pronuncia

De acordo com Aldo Pereira Teixeira, presidente da Aldo Solar, a empresa trilhou um caminho extenso e tem muito orgulho do que conquistou até aqui. O executivo afirma que foi um dos primeiros a fomentar o setor de energia solar, fazendo da empresa uma das pioneiras em sustentabilidade, e essa transação o ajudará a ir ainda mais longe, expandindo a oferta para um mercado em crescimento.

O empresário fundou a Aldo solar nos anos 80, dentro de uma Kombi, onde viajava pelo Paraná vendendo materiais para o conserto de rádios e televisões. A entrada no setor de distribuição de geradores teve início em 2000. Atualmente a Aldo solar atende cerca de 11 mil clientes e segue a tendência do e-commerce, possuindo mais que 70% do seu faturamento proveniente de vendas online.

A Aldo era uma distribuidora de geradores de energia solar convencional, trabalhando ao lado de marcas como Samsung, HP, Intel e Microsoft até entrar em 2015 no ramo de energia solar. Em 2019, a empresa teve lucro de R$ 580 milhões e ganhou pela primeira vez o título de líder na venda de geradores de energia solar.

Brookfield afirma que já mirava o Brasil há tempos

No início do ano passado, a Brookfield já efetuava compras de energia solar, comprando a Alex Newen, uma companhia do grupo de construção e engenharia, Steelcons. O grupo é sediado em Campinas, no interior de São Paulo e havia fechado a venda antecipada da energia solar de seus projetos em um leilão realizado pelo governo federal em 2018.

O fundo canadense, Brookfield foca seus investimento em imóveis, energia limpa e sustentável e infraestrutura. Na época, a aquisição já era vista como um indicativo de que em um futuro breve, o fundo iria entrar no mercado brasileiro de energia solar.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe