BNDES autoriza financiamento para 505 MW de energia solar no Brasil

Paulo Nogueira
por
-
26-10-2020 08:27:47
em Energia Renovável
BNDES complexo solar sol do sertão energia solar

Dessa quantia, um projeto de energia solar na Bahia tomará a maior parte do orçamento que será construída pela brasileira Essentia Energia

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disse na sexta-feira(23) que apoiará a construção de 505 MW de projetos solares por meio de empréstimos de mais de BRL 1,1 bilhão (USD 195,7 milhões / EUR 165 milhões).

ANÚNCIO

Do total, R $ 910 milhões serão destinados ao Complexo Solar Sol do Sertão, de 415 MW, em Oliveira de Brejinhos, na Bahia. A brasileira Essentia Energia é a desenvolvedora do projeto. Veja também a maior empresa de projetos fotovoltaicos do Vale do Paraíba criado por 3 jovens brasileiros.

O parque fotovoltaico (FV) está programado para entrar em operação no segundo semestre de 2021 e gerar energia suficiente para atender a demanda de 580 mil residências.

Dois projetos de parques fotovoltaicos – Araxá 1 e 2, de propriedade da Spanish Powertis SA – serão beneficiados com os R $ 194 milhões restantes. Eles estarão localizados no estado de Minas Gerais e terão capacidade instalada total de 90 MW. Planejando colocá-los em operação até o final de 2021, a empresa espanhola estima que as usinas fotovoltaicas serão capazes de cobrir o consumo de 123.000 casas, uma vez em operação.

Ambos os empréstimos são concedidos no âmbito do programa de crédito Finem do BNDES, que leva em consideração os benefícios sociais que os projetos podem gerar.


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.