Biogás – Cenário da produção no Brasil e as vantagens da utilização como fonte de energia elétrica

Roberta Souza
por
-
06-10-2020 17:53:22
em Energia Renovável
Biogás, energia, energia elétrica Usina de Biogás

Gerado a partir de matéria orgânica, usinas de biogás no Brasil são vistas como fonte alternativa para a geração de energia elétrica

O biogás é considerado um método alternativo de geração de energia elétrica, uma espécie de biocombustível com alto poder energético, proveniente da agricultura, indústria ou processamento de alimentos e processos industriais. Em 2019, a geração de eletricidade a partir da bioenergia foi de 54,9 TWh. Isso equivale a 9% da matriz energética brasileira no período, sendo 67,1% proveniente do bagaço e palha da cana e 2,1% do biogás.

Confira outras notícias do dia:

O biogás é um recurso renovável, tem vantagens e desvantagens e pode ser durável e confiável. É feito a partir da produção de subprodutos da cana-de-açúcar e etanol, como bagaço, torta de filtro, palha e grãos de destilaria, podendo ser utilizado como substituto do gás natural e fornecendo eletricidade, calor ou ambos para a produção de gás. Se for convertido em biometano, se tornará um substituto do diesel.

O panorama de resíduos sólidos do Brasil 2018-2019 mostra que 51% dos resíduos sólidos urbanos representam 36,5 milhões de toneladas de matéria orgânica. Apenas 1% do lixo descartado é reaproveitado como fertilizante, gás e até energia. Portanto, o Congresso visa criar um projeto de lei que estabeleça políticas federais de gás natural e biogás. Com isso, os incentivos ajudarão a indústria a atingir sua capacidade máxima de produção e a se consolidar, tornando-se referência econômica do Brasil.

O Centro de Pesquisa de Inovação em Gás destacou seu impacto: Se todos os resíduos forem aproveitados na usina de açúcar do Estado de São Paulo, o potencial de aproveitamento do biogás para a geração de energia elétrica chegará a cerca de 32 TWh. Isso equivale a 40% da produção total da fábrica de Itaipu no ano passado.

Para os organizadores, União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA), Associação das Indústrias de Energia e Calor Combinado (COGEN) e Associação Brasileira de Biogás (ABiogás), o incentivo à expansão da produção ajudará a modernizar os brasileiros no setor de energia.

Veja a seguir as vantagens do biogás:

  • A geração de energia elétrica a partir do biogás apresenta o mais elevado fator de capacidade quando comparado com outras fontes renováveis;
  • Pode ser armazenado ou despachado continuamente para a geração, sem qualquer prejuízo para as redes de distribuição;
  • Com sistemas de produção de biogás com custo competitivo com energéticos substitutos, pode substituir a utilização da lenha como fonte de energia em residências afastadas da rede de distribuição e gás natural;
  • Também é uma opção com vantagens ambientais, econômicas e sociais para a substituição do gás para uso industrial, comercial e do óleo diesel em frota de caminhões, ônibus e maquinário agrícola;
  • A estrutura de custos do biogás é previsível. Os preços são em reais, sem exposição aos mercados internacionais de commodities ou ao câmbio.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos